✨ NAVEGUE PELAS CATEGORIAS ✨
Blogosfera Cotidiano Livros e Séries Estilo Freebies Inspiração Jogos Música Tech

Segue em anexo umas resenhas de livros e séries que esteja curtindo :)

#Cult . 14 de novembro de 2016 . COMENTÁRIOS (11)

Grande Magia

Grande Magia. Vida Criativa sem Medo

Elizabeth Gilbert . 192 páginas . Editora Objetiva

⭐⭐⭐⭐⭐

Em Grande Magia, Elizabeth Gilbert (autora de Comer, Rezar, Amar) aborda a criatividade de um jeito mais particular, com uma pegada biográfica/auto-ajuda, são quase 200 páginas de leitura leve onde ela compartilha mais da sua própria vida e suas experiências, fala sobre os seus amigos e sobre pessoas que sempre a inspiraram, pra refletir sobre o significado da vida criativa, e também sobre a importância de se fazer coisas que nos dão prazer, independente de ser rentável ou não, de ter algo motivador e prazeroso na nossa rotina. O livro é dividido em 6 partes: Coragem, Encantamento, Permissão, Persistência, Confiança e Divindade.

Novembro é o mês da criatividade e nada mais oportuno do que começar a minha primeira resenha literária com um livro sobre o tema, não é mesmo? Então já gostaria de salientar e deixar claro aqui que eu sou a maior pregadora de ✨ Grande Magia ✨ que vocês vão conhecer, porque esse livro é um divisor de águas pra qualquer um que vive a criatividade. E quando falamos sobre vida criativa, vamos começando pelo capítulo de não nos limitar a pessoas que são do ramo artístico, como designers, ilustradores, escritores, porque todo mundo PODE desenvolver essa veia criativa.

“Dizer que uma pessoa é criativa é de uma redundância quase cômica; a criatividade é a marca da nossa espécie.”

Pois como ela mesma fala, nós temos os sentidos necessários à criação: a curiosidade, os polegadores opositores, o ritmo, a linguagem, o entusiasmo e a conexão inata com a divindade.

Criatividade esclarecida, vamos aceitar agora que a criatividade não é uma qualidade/talento, ela é uma postura, um estilo de vida. Assim como você pode estar concentrado em alguma atividade, você também pode estar criando/sendo criativo em outra, porque a criatividade pode sim ter lapsos de “eureka”, mas ela exige muita dedicação pra crescer dentro de você! E também exige muita curiosidade, aliás, curiosidade é o combustível da criatividade. Você pode notar que as pessoas que você vê como mais criativas, são as mais inquietas, que sempre estão buscando alguma informação nova, aprender coisas, etc.

Grande Magia

Então quer dizer que eu também posso ser criativo, Babee? PODE, inclusive DEVE! Pois eu acredito que a curiosidade é o meio mais dinâmico de se obter conhecimento e no meio do caminho, você pode acabar desenvolvendo outras habilidades, por exemplo, este ano eu quis muito fazer curso de lettering, porém não consegui pagar por nenhum curso sobre o tema, então eu busquei outras ferramentas pra adquirir este conhecimento e eu estou desenvolvendo minha caligrafia através de vídeos e tutoriais.

“Quando eu falo “viver criativamente”, eu estou falando de maneira mais ampla. Estou falando de viver uma vida mais motivada pela curiosidade do que pelo medo.”

O livro não só te incentiva, como te liberta! Porque eu sei que você já deixou de fazer várias coisas com medo do que as pessoas vão pensar, ou com medo de fracassar… E se esqueceu do simples fato de sentir prazer fazendo aquilo? Sabe porque isso acontece? A Grande Magia já diz que “o que te impede de levar uma vida criativa é o ensimesmamento (suas dúvidas a respeito de si mesmo, sua aversão a si mesmo, sua autocrítica, seu instinto esmagador de autoproteção)”.

E eu posso te adiantar o tempo que você está perdendo pensando nisso, porque vivemos em uma sociedade egocêntrica, as pessoas estão ocupadas demais pensando nelas mesmas pra se preocupar com o que você está aprontando por aí, e você, está se preocupando com o que elas estão pensando ainda?

O ato de criar ou explorar, vai te proporcionar muitas sensações e agora que você percebeu que pode começar algo sem se preocupar com os outros, agora vai ter que trabalhar suas expectativas e o começo dela é: aceitar o fracasso, porque você vai falhar muito.

Grande Magia

BABEE VOCÊ ESTÁ LOUCA QUERIDA, NÃO GOSTO DE PERDER! Acredita em mim, porque é só quando a gente cai que a gente se levanta! Já falamos sobre fracassos há muito tempo atrás, e falhar é a reflexão do processo, e sua função é seguir dois caminhos: melhorar ou desistir?

“Aceite sua decepção, reconheça-a pelo que é e siga em frente. Faça picadinho do fracasso e use-o como isca para tentar fisgar outro projeto.”

Mas você chegou no seu limite ou tem a sensação de que isso não está te levando a nada, então desista, tente outra coisa. Vai ter momentos que você não vai mais sentir prazer em fazer determinadas coisas, então é a hora de parar e o melhor de tudo é que você pode parar também, não tem nada de errado nisso.

NÃO BABEE, EU NÃO DESISTO DOS MEUS SONHOS! Então faça como a Carreta Furacão e “siga em frente, olhe para o lado”, pois como a Elizabeth aborda no livro, fazer algo é melhor do que a inércia, porque ela acredita que a inspiração não é só uma palavra bonita, ela é uma coisa que existe, mas a gente não vê! Como se fosse uma mariposa, e quando estamos trabalhando, estamos aumentando a nossa luz, e é esse o momento que a mariposa inspiradora vai ser atraída mais pra nossa luz (sem morrer no final).

Grande Magia

A parte mais importante do livro pra mim foi enxergar o fato de que nem sempre nossas melhores ideias serão bem executadas por nós mesmos. Você já teve aquela ideia brilhante que quando foi colocar em prática ficou uma bela bosta? Isso é muito normal, por isso te digo, não seja egoísta! Eu já tive muito disso, porque eu sou um turbilhão de ideias. Quem convive comigo de perto sabe que eu não paro de pensar nas coisas, e a maioria delas eu não consigo parar pra executar, porque eu não tenho as ferramentas necessárias e isso me frustrava.

Depois que terminei de ler, percebi que eu carregava essas frustrações como um grande fardo criativo e percebi que por causa delas, tive épocas bem atormentadas e bad vibes, então eu comecei a me livrar delas, compartilhando ideias!

Grande Magia

E quando a gente compartilha nossas ideias com outras pessoas, temos a possibilidade de ver elas executando conseguindo executá-las maravilhosamente! Então eu comecei a ter uma nova sensação libertadora: a de ajudar alguém a criar, e criando assim uma parceria criativa!

O maior textão resenha que vocês já viram, mas é só pra reforçar a reflexão do livro, que é resgatar que podemos ser quem quisermos ou fazer o que a gente gosta, sabe? Mas pra isso, é preciso ter VONTADE, se você ama viajar, então trabalhe e junte grana pra viajar! Se você quer aprender a desenhar, então procure cursos, e se não puder, pegue uma papel e lápis e treine!

Não deixe essa pontinha de vontade morrer só porque você não se sente capaz, se hoje eu sou designer, é porque eu fui curiosa há 13 anos atrás e criei um blog, aprendi como programar e layoutar, e depois de anos, entrei na faculdade de Design Digital. Não é de uma hora pra outra, mas não deixe o tempo passar! Nunca é tarde demais enquanto você estiver vivendo ✨

“Talvez a maior benção da criatividade seja esta: ao absorver nossa atenção por um período curto e mágico, consegue nos aliviar temporariamente do terrível fardo de sermos quem somos.”

NOSSA BABEE, MUITO DAORA, MAS NEM VOU LER! Não tem problema, mas pra não deixar essa vibe passar, porque eu quero ter certeza que vocês foram contaminados pela Grande Magia, eu encontrei um TED com a Elizabeth sobre criatividade, que é pra fechar esta resenha/reflexão com chave de ouro. E eu espero que tenham gostado, é minha primeira resenha oficial de leitura pra mostrar que nunca é tarde pra gostarmos de coisas diferentes e esta é mais uma prova viva minha disso, BLZ FMZ VLW FLW!


#Cult . 07 de novembro de 2016 . COMENTÁRIOS (5)

Tudo começou neste ano quando a quadrinista Catharina Baltar, uma ilustradora brasiliense de 24 anos, abriu uma campanha no Catarse pra poder viabilizar a publicação de Cerulean, o seu primeiro quadrinho autoral longo. Quando eu li sobre o crowdfunding, na hora eu já ajudei porque não é todo dia que temos um quadrinho tão sereio e também pra incentivar o trabalho do artista 💖 e eu só me arrependo de não ter ajudado mais, pra ter ganhado mais mimos!

A protagonista foi criada há alguns anos, quando ela ainda estava na faculdade, mas só ganhou vida durante o Inktober do ano passado, onde ela produziu 30 páginas que tiveram muita repercussão e ela decidiu levar isso adiante, pra nossa sorte!

Cerulean

🐚 Sobre Cerulean 🐚

O quadrinho conta a história de uma curiosa sereia de cabelos azuis cerúleo e seu pequeno amigo cor de rosa, Ollie. Eles vivem tranquilamente no fundo do mar, até que um dia Cerulean encontra um objeto misterioso e brilhante em uma caverna: um celular! Cada vez mais encantada com a tecnologia humana, Cerulean precisa aprender a lidar com dois mundos completamente diferentes.

Cerulean Cerulean

A versão impressa inclui a história principal, toda linda e colorida, porque a meta não só foi batida, como quase triplicada, que possibilitou a Catharina deixar o quadrinho ainda mais lindo, todo em aquarela! E tem também mais 4 histórias extras sobre alguns personagens secundários, além de conteúdos complementares como rascunhos e o processo de criação do quadrinho.

O livro tem 76 páginas, que irá incluir a história principal da Cerulean, retocada, revisada e com 6 páginas novas. Além disso, também serão incluídas 4 pequenas histórias extras coloridas e conteúdos complementares como rascunhos e processo de criação do quadrinho.

MAS EU TAMBÉM AMEI CERULEAN, COMO QUE EU FAÇO? Se você amou e quer comprar, ele já está disponível e hoje é o último dia com desconto (compre aqui) ✨


#Cult . 25 de outubro de 2016 . COMENTÁRIOS (7)

Sabe quem voltou? Ela mesma, Babee trevosa com uma mini-série de posts temáticos sobre o Halloween!

halloweenbabee

E o primeiro deles eu nomeei carinhosamente de “Séries que eu nunca vou assistir, mas você deveria”, pois eu sou muito medrosa, coração fraco, dá umas taquicardia e insônia, meu médico não recomenda, mas eu sou curiosa e quero que vocês assistam e me contem quem vive e quem morre, torcendo sempre pra não ter uma continuação, né?

Então listei aqui algumas que a gente tem no nosso Netflix pra já começar a curtir essa semana trevosa com grande estilo, segue a lista em anexo:

💀 American Horror Story 💀

Tem seis temporadas disponíveis pra você perturbar um pouco sua mente, e cada uma é uma treta diferente! Na primeira, Murder House, acontece nos dias de hoje e é centrada na família Harmon, que se muda pra uma mansão sem saber que a casa é assombrada (default de terror). A segunda, Asylum (que não é em Arkham), acontece em 1964 e conta a história dos pacientes, médicos e freiras que ocupavam uma manicômio para criminosos loucos. A terceira é Coven, e volta aos dias atuais, em Nova Orleans, contando alguns acontecimentos num clã de bruxas originadas de Salém e do vodu, muita magya. A quarta temporada é a Freak Show, e traz um espetáculo de aberrações na Flórida, em 1950. A quinta é Hotel, ambientada em um hotel macabro. E a atual é Roanoke, semelhante ao filme Atividade Paranormal, sabe? Lembrando bem aqueles programas que mostram coisas sobrenaturais, que tem relatos, gravações e entrevistas com as pessoas. Tem susto para todos os gostos, oficial!

xxx

💀 Hannibal 💀

Primeiramente cuidado, tem cenas fortes, é gorezinho mesmo! Ele traz a história do psiquiatra Hannibal Lecter, imortalizado pelo Anthony Hompkins, e dessa vez, vemos ele antes do cárcere, ajudando o FBI a solucionar alguns casos. E também vemos a relação dele com seu paciente, o agente Will Graham, que trabalha traçando perfil dos assassinos através da sua imaginação, ele consegue “pensar” como eles, sabe? E é por isso que ele precisa fazer terapias pra não pirar, e vai se consultar justo com quem? Muito cuidado, Will!

xxx

💀 Bates Motel 💀

A série é um prólogo de Psicose, mostrando mais da juventude de Norman Bates, e a relação perturbadora com sua mãe, Norma, e em como um jovem comum se torna um dos maiores serial killers dos EUA. Ela se passa mais precisamente depois da morte do seu pai, onde Norma decide levá-lo para começarem uma vida nova no Arizona, comprando um motel abandonado, onde são muito “bem acolhidos” (foi irônico) pelo antigo dono e é a partir daí que começa as surgir muitas tretas and mistérios para serem desvendados.

xxx

💀 Penny Dreadful 💀

Voltando para a incrível época vitoriana, em Londres, retratada na série, e que aposta na mistura de personagens conhecidos da literatura clássica inglesa como Frankenstein, Dorian Grey e até mesmo Drácula, com a narrativa envolvendo os personagens da série, dando uma repaginada nas histórias originais, resgatando o terror mais clásssico e se aproveitando do cenário gótico maravilhoso da época.

xxx

💀 Scream 💀

Foi produzida pela MTV, então podemos esperar por um Pânico mais próximo da nossa realidade, seguindo a linha do serial killer mascarado que vem assombrar a galera, e que sabe de algum rolê errado deles. E tentam adivinhar quem é a a pessoa que tá matando geral. Ele é um terror mais de boaça pra quem gosta do ambiente tenso, mas o coração é sensível, sabe? No caso, eu mesma.

xxx

💀 Bônus: Stranger Things 💀

Se você ainda não assistiu, pfvr, saia desta página e desligue o seu cabo da internet, tá? ATÉ EU ASSISTI E AMEI! Cheia de referências a outros clássicos e trazendo essa atmosfera sessão da tarde, ela prende a gente pelos eventos misteriosos que rondam a cidade e o desaparecimento do menino Will, desenrolando várias tretas com esse sumiço e o aparecimento da nossa mini musa maravilhosa Eleven! Pode render susto, mas eu sobrevivi, ok? São poucos capítulos que conseguem resolver bem a treta da série e te deixa com gosto de QUERO MAIS PLMDDS!

Taí um monte de dica boa pra vocês e quero que me contem o que acharam, né? Pois se não for tão assustador, eu até empolgo de assistir :D Fiquem vivos para os próximos posts, ok? Ainda tem mais dicas trevosas pra compartilhar nessa semana, BLZ FMZ VLW FLW!



© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵
© 2010 - 2017 Babee. Todos os direitos reservados.