✨ NAVEGUE PELAS CATEGORIAS ✨
Blogosfera Cotidiano Livros e Séries Estilo Freebies Inspiração Jogos Música Tech

Loucuras capilares e dicas pra turbinar a auto-estima <3

#Estilo . 27 de Abril de 2015 . COMENTÁRIOS (5)

Eu tenho um problema sério com embalagens, e vou dizer que logo que encontrei essa na prateleira, me apaixonei pela identidade da marca. O BEACH BABE Texturizing Sea Salt Spray é um spray da Not Your Mother’s, que vai te deixar com o cabelo de praia, aquele efeito de ondas soltas que adquirimos depois de um bom banho de mar, e já que ir á praia todos os dias está um pouco fora de cogitação, a gente dá uma improvisada, né? ;) hahaha

Beach Babe

E ele pode ser maravilhosamente aplicado de três jeitos (lembrando que o cabelo precisa estar limpinho):
1) aplique no cabelo seco, amassando as pontas do cabelo com as mãos;
2) faça coques de Princesa Léia no cabelo, amarre com um elástico e deixe por um tempão, solte e aplique o spray (minha opção da vida);
3) potencialize o efeito do babyliss;
4) aplique no cabelo úmido, e modele com a ajuda de um secador/difusor.

Ele tem um cheirinho super gostoso de coco! E o melhor é que ele é líquido, então o manuseio dele no cabelo é bem tranquilo, não fica grudento nem nada. Meu cabelo é naturalmente liso, então eu adquiri uma preguiça eterna de inventar moda, porque ele simplesmente não fixa nada, mas agora quero usar o BEACH BABE pra vida toda.

Beach Babe

Foto de celular, desculp migos.

Este é o efeito dele no meu cabelo usando a minha técnica de guerra capilar, que é super rápida, deixei a mecha presa uns 20 minutos e PLIM! E acredito que em cabelos que já possuem cachos, o efeito fica ainda MAIS destruidor!

HOUSTON, WE HAVE A PROBLEM? Vale lembrar que a composição dele é água marinha e salgada, então PODE SER que isso possa contribuir pro desbotamento dos fios, não sei dizer com precisão e não encontrei nenhum depoimento sobre ainda, então vou testar pra ver se rola alguma alteração.

Ele é um produto gringo, mas eu achei algumas (poucas) unidades da Not Your Mother’s na Sumirê, e ele está na faixa dos R$30. E você, já conhecia este produto? Gostou dele também? Tem outra técnica pra aplicar o efeito? Compartilha com a colméia :D

Vale ressaltar que este post não é um publieditorial, eu adquiri o produto e decidi compartilhar um pouco de amor com vocês!


#Estilo . 14 de Março de 2015 . COMENTÁRIOS (8)

Saga Ruiva

Eu falei que a minha saga ruivística continuaria, não? Dito e feito, até porque teve muita mistura durante estes 3 anos e acho legal compartilhar com vocês, que também tem interesse em entrar pro lado ruivo da força e pra quem ainda não se decidiu :D Se você está curioso em saber como começou a minha saga ruiva, recomendo você visitar este post e a primeira parte da saga.

O CLAREAMENTO DA RUIVICE

parte II – 2013

Saga Ruiva

Janeiro/2013: Mantive a mesma misturinha 8.4 + 9.3 da Yellow (Alfaparf), que fiz no fim de 2012, e como eu comentei no post anterior, sempre prestando a atenção na porcentagem da mistura pra não ficar muito dourado (9.3) e nem muito fechado (9.4).

Saga Ruiva

Março/2013: Exatamente um ano depois de ter aderido a ruivice, eu subi mais o tom do meu ruivo, passando pro 9.4 da Yellow, e permaneci usando a marca durante muito tempo ainda, ela tem um desbotamento mais lento e bonito, o preço é ótimo, mas infelizmente é difícil de encontrá-la em perfumarias de São Paulo.

Saga Ruiva

Abril/2013: Comecei a misturar a 9.4 + 9.3 pra tentar um resultado ainda mais claro e laranjinha, que foi super efetivo! Foi mais sucesso ainda quando eu misturava aqueles tonalizantes juntos (que citei aqui), usei muito o 0/43. Minha proporção pra misturar os três foi: 65% de 9.4, 15% de 9.3 e 20% de 0/43 (Special Mix).

Saga Ruiva

Agosto/2013: Graças a uma doação ruivística, pude experimentar um pouco da Truss, que tanto ouvi elogios! Então usei a 8.44 dela na minha misturinha mágica, não quis usá-la inteira pra não escurecer o tom, aproveitei e usei ela como tonalizante mesmo, mantendo a 9.4 + 9.3 da Yellow.

Saga Ruiva

Setembro/2013: No drama pra renovar o estoque da Yellow, optei pro experimentar a Igora (Schwarzkopf), que também só ouvi elogios. Não quis mudar muito o tom do meu cabelo (9 – loiro muito claro), então comprei a 9-7 pra misturar com o intensificador 0-77. O único contra foi ter desbotado douradinho, mas é porque o 9-7 é um acobreado BEM claro. Ah! É importante comentar que a numeração de acobreados da Igora é diferente das outras marcas, eles usam o 7 e não o 4, ok?

Saga Ruiva

Novembro/2013: O drama da falta de tinta é constante, então eu encontrei um tom mais intenso de acobreado da Igora e comprei. Usei somente a 8-77 no meu cabelo desbotado e o resultado foi excelente, fiquei apaixonada, nem precisei misturar nada pra ficar assim, só amores! E o desbotamento dele ficou mais bonito do que o 9-7, então virou minha nova cor, enquanto eu conseguir renovar o estoque dela.

Sei que as fotos não ajudam tanto pra avaliar o tom exato, mas é só pra vocês terem uma noção da diferença, mesmo que pequena, das misturas que eu fiz em casa, sempre tentando manter o mesmo tom só que me adaptando as tintas que eu conseguia comprar, é meio difícil manter o ruivo com uma tinta só porque normalmente o estoque de tinta acobreada em perfumarias é menor, e com essa moda de ficar ruiva, ele acaba bem rápido, então se você não faz o seu cabelo em um salão, é bom sempre procurar um plano B, caso aconteça de não encontrar a sua tinta OU estocar, que é o que eu comecei a fazer então!

Só reforçando novamente que quando optei por tingir em casa, eu sabia de todos os riscos que isso traz, principalmente quando se trata de manchar o cabelo, da tinta não ficar exatamente como eu quero, etc, então se você puder, opte sempre pela ajuda de um profissional. Se vocês tiverem alguma dúvida sobre qualquer uma das tintas comentadas no post, podem me perguntar nos comentários!

E caso vocês tenham se contaminado e queiram entrar pro lado ruivo da força, venham pro Ruivices, nosso grupo do Facebook :D


#Estilo . 01 de Março de 2015 . COMENTÁRIOS (10)

Saga Ruiva

Como pode, eu criar o Ruivices no Facebook e sequer ter postado minha saga ruiva por aqui? SHAME ON ME! Depois de quase 3 anos sendo ruiva, e creio que finalmente estabilizado meu ruivo, posso contar como foram aí todas as minhas desventuras capilares. Quando eu decidi ficar ruiva, ainda não tinha noção nenhuma de tonalidades nem de marcas, por isso optei (e sempre recomendo) por ouvir a opinião de um profissional, só ele pra avaliar o estado do seu cabelo e o procedimento necessário para se atingir o tom desejado (minha mudança capilar só foi super efetiva graças a sabedoria ruivística do Rodrigo, sempre o recomendo porque ele é o que chamamos de ~especialista em ruivas~).

O início da saga ruiva

parte I – 2012

Saga Ruiva

Março/2012: Pra quem viu meu post de transformação, sabe que meu cabelo estava em um tom de cereja e pra chegar no acobreado, foi necessário fazer uma decapagem, tratar e por fim, colorir. A tinta usada no salão foi a Paul Mitchell, não fui orientada sobre o tom utilizado, mas depois de umas pesquisas, descobri que era o 7OR + color shot laranja, a tinta demorou uns 2 meses pra desbotar bem e o seu desbotado é lindo.

Saga Ruiva

Junho/2012: Pra “retocar” meu ruivo, fui instruída a misturá-lo com um tom de loiro dourado, porque ele dá uma quebrada no acobreado e ainda clareia um pouco a mistura, deixando mais laranjinha. Então depois de alguns meses com o cabelo desbotado, eu me arrisquei na Color Perfect (Wella) 8.4 + 7.3 , ela traz um resultado bonito e é super acessível. No mês seguinte, retoquei com ela de novo, só com o 8.4 e já é possível ver que meu cabelo deu uma leve escurecida no tom sem a mistura com o loiro. O único problema dessa marca é que desbota muito rápido.

Saga Ruiva

Setembro/2012: Com a extinta Alfaparf 8.34, recorri a Yellow (Alfaparf) 8.4 + 9.3, e subi o tom pra 9 (loiro muito claro) ver se o laranja ficava ainda mais clarinho, deu super certo, ficou um ruivo super natural! Mas era uma tinta bem difícil de encontrar :(

Saga Ruiva

Outubro/2012: Acabei voltando pra Color Perfect 8.4, pela dificuldade em encontrar a Yellow aqui em São Paulo, aproveitei pra testar uma mistura mais laranjinha, misturando ao invés de um loiro dourado, um intensificador de cor. Eu testei duas marcas, a Color Perfect Special Mix (Wella) 0/43, em agosto, mas ela deixou o ruivo um pouco avermelhado. E o tonalizante Color Touch (Wella) 0/34, que deixou um laranja destruidor. Lembrando sempre que intensificador não tem a mesma fixação da tinta, ele é só um boost de maravilhosidade pra sua mistura.

Saga Ruiva

Dezembro/2012: Terminei o ano recuperando a Yellow 8.4 + 9.3, mas apesar de repetir a mistura, eu alterei a proporção. Como eu comecei a tingir em casa, então eu tive total controle do quanto usar de cada coloração, quando se faz em salão, nem sempre você tem noção certa da mistura, por isso agora sempre que preciso colorir em salão, acabo sempre instruindo como eu faço, até porque já tive casos de desperdício de tinta, e pra gente que mantém o ruivo mensalmente, DÓI NO CORAÇÃO!

Voltando a mistura, pra evitar que meu ruivo desbotasse sempre pro loiro, eu parei de usar a proporção 50%/50% e comecei a aumentar a proporção de acobreado, deixando o loiro só pra dar uma clareadinha mesmo e o resultado foi esse, eu usei nesta época 65%/35%.

Só reforçando que quando optei por tingir em casa, eu sabia de todos os riscos que isso traz, principalmente quando se trata de manchar o cabelo, da tinta não ficar exatamente como eu quero, etc, então se você puder, opte sempre pela ajuda de um profissional. Não citei a água oxigenada em nenhum momento, pois eu sempre uso a volumagem 30, que é a recomendada pra coloração.

A saga não acabou, tá? Preferi dividir os posts em anos pra não ficar um post imeeenso só de overdose ruivística :D Se vocês tiverem alguma dúvida sobre qualquer uma das tintas comentadas no post, podem me perguntar nos comentários! E caso vocês tenham se contaminado e queiram entrar pro lado ruivo da força, venham pro Ruivices, nosso grupo do Facebook :D



© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵
© 2010 - 2017 Babee. Todos os direitos reservados.