Blogosfera Cotidiano Livros e Séries Estilo Freebies Inspiração Jogos Música TAG Tech

Só coisas maneiras (design, decoração, etc) pra se inspirar <3

#Inspiração . 14 de fevereiro de 2017 . COMENTÁRIOS (12)

Eis mais um post para salvar a internet das bad vibes, então venho trazer este compilado Furacão 2000 só de posts sobre Bullet Journal, pra você que também quer aderir, mas não sabe aonde procurar, tem preguiça de procurar e quer saber quem tem dica boa e quem manja dos paranauês, solta o scroll!

Foto: lemoncream-journal.tumblr.com

Primeiramente, o que é um BuJo?

Apesar de ter muita gente aderindo a ele, ainda existem serumaninhos que nem sabe do que se trata e estou aqui para revelar que o BuJo, ou Bullet Journal, é uma agenda feita por você mesmo! A rainha da BuJosfera, Maki, usou a definição de rapid logging, ou seja, é um caderno pra você anotar suas tarefas do dia mais rapidamente, transformando em lista (bullet = lista, captou?) de afazeres pra deixar a vida muito mais prática e organizada.

Como eu poderia usá-lo a meu favor?

Existem os mais diversos tipos de “uso”, alguns preferem anotar coisas referentes ao trabalho, estudos e até a própria vida, é possível adaptar qualquer tipo de organização dele e é por isso que ele é tão incrível!

Então se você quer ter um também, mas não está estudando ou trabalhando, taí outras ideias pra você listar: Metas da vida para este ano, como está meu humor hoje?, pra quem quer fazer dieta, metas de estudos a distância, lugares que você quer conhecer, livros e filmes pra ver, postagens no blog, fazer economias, habit tracker pra acompanhar alguns hábitos que você quer mudar, etc.

.

.

Assim como o Vitor Martins, eu comprei meu planner no A.Craft, porque você pode montá-lo na lojinha, desde a capa até o miolo, podendo variar entre os tipos de folha que eu já comentei lá em cima. Neste planner é possível encaixar 4 miolos, então dá pra mesclar os blocos de páginas com alguns planner prontos deles, tem também alguns acessórios bem bonitinhos, como washi tapes, que dão um charminho a mais nas páginas, além de muita caneta colorida, favor investir. A Celle também comprou um novo de lá, cobrem ela!

.

O que eu preciso para começar?

É mais simples do que você pensa! Precisa de um caderno e umas canetas :) Pode ser pautado ou sem pauta, pontilhado ou quadriculado. Tendo seu caderninho em mãos, a Maki também ensina com um passo-a-passo como começar seu BuJo

Ah, e não podemos esquecer de também de separar um punhado de criatividade pra transformar seu BuJo não só em algo que vai te orientar, mas também inspirar, e é pra isso que existe o Pinterest e a Duds, que também separou umas ideias bem legais pra aderir ao seu BuJo. Mas Babee, eu não sei fazer essas coisas lindas aí :( e nem precisa, o importante é pegar as ideias e adaptar do jeito que você entenda e com o tempo, você se acostuma a organizá-lo e vai querer dar uma valorizada também!

Quero ter um BuJo topper, comofas?

Agora sim! É aqui que eu vou te indicar os lugares mais maneiros pra você comprar coisinhas pra deixar seu BuJo mais topper da galáxia e o primeiro passo é achar um caderno bem lindo pra começar!

Na A.Craft, dá pra montar o planner do jeito que você quer, o preço é ótimo e apesar do meu ter chegado um pouco atrasado mesmo sendo Sedex, vem tudo bem certinho. Tem uns planners prontos muito lindos, pra quem tem receio de montar o seu próprio, nas lojas Vi Papier, My Planner, Donna Dolce e Meg & Meg 💖

Pra quem não tem pressa, no AliExpress tem muita lojinha que vende uns cadernos muito lindos, e umas canetas maravilindas, eu estou só aqui salvando na minha wishlist, mas se vocês quiserem saber o que eu encontrei, talvez tenha outro post só sobre isso ;) Btw, a Cyntia já tinha cantando a bola da loja de planners mais linda do Ali.

Foto: lemoncream-journal.tumblr.com

Outros posts maravilhosos sobre BuJo

Quer começar um Bullet Journal e não sabe como? Nada tema!
Respondendo: Tudo sobre Bullet Journal
Guia do próprio Bullet Journal.com (em inglês)
Como fazer um Bullet Journal
23 Bullet Journal Ideas That Are Borderline Genius (em inglês)
Série de posts do Boho Berry (em inglês)
Bullet Journal: Aprenda como usar essa ferramenta útil para organizar seu cotidiano

Espero que vocês tenham gostado do guia, sei que tem muita gente aderindo agora e muitas pessoas postando sobre, então decidi juntar tudo o que eu li pra compartilhar com vocês! Mas peraí, e cadê o seu BuJo, Babee? Se vocês quiserem vê-lo, ou que eu grave algum vídeo sobre o meu, comenta aí ✨ BLZ FMZ VLW FLW!


#Inspiração . 16 de janeiro de 2017 . COMENTÁRIOS (14)

Vocês se lembram da febre da decoração escandinava no ano passado? Eu sempre achei bem lindo, mas uma coisa sempre me incomodava, tudo era muito claro ou vazio demais, não me dava aquela sensação de “lar, doce lar”, é o famoso “é ótimo, mas não em mim”, sabe? Só que no caso, na minha colméia.

Mas o Pinterest tá aí pra nos inspirar, não é mesmo? E eu acabei descobrindo um estilo que também é escandinavo, só que é um meio termo entre este minimalismo nórdico e um tipo ambiente que te deixa com coração quentinho: o Hygge! QIÇO MININA BABEE? De onde vem? O que come? HOJE, NO BABEE DECORA:


Créditos: 1 / 2 / 3 / 4

Vamos relembrar que os países nórdicos não tem muita exposição solar, né? Se lembram daqueles papos que as pessoas são mais infelizes lá em cima do planeta? E que a gente é tudo felizão de tanto sol na cabeça? Faz sentido, mas não é total verdade, de qualquer forma, eles precisam inventar outras maneiras de obter essa iluminação diurna e é aí que a criatividade brota! Eles já moram em um lugar frio, mas eles precisam ser pessoas frias?

“Em essência, hygge significa criar uma gostosa atmosfera e curtir as coisas boas da vida com pessoas boas em volta de você. A luz das velas é hygge. Família e amigos – é hygge também. E também não podemos esquecer que comer e beber – especialmente em volta da mesa durante horas discutindo as grandes e pequenas coisas da vida, é hygge!”

O hygge é um estilo de vida aderido na Dinamarca, considerado o país com serumaninhos mais felizes do mundo! A palavra não tem tradução em outras línguas, então entra pro time de palavras bonitinhas sem tradução, assim como cafuné, mas o importante é saber o conceito por trás dela: se sentir acolhido.

GOSTEI, QUERO TER MINHA CASINHA ASSIM! Eu também gostei, e por isso eu separei umas dicas bem maneiras com sugestões do que a gente pode comprar #babeeconsumista pra deixar nossa casa mais aconchegante, já que ainda não podemos nos mudar pra Dinamarca, segue em anexo ;)

Mais conforto

SE APROCHEGUE deveria ser o slogan desse estilo, né? O conforto é a chave de sucesso da decoração, então vai ter muita almofada, manta, sofá, poltrona, tudo o que tiver aspecto fofo/confortável é bem vindo ao ambiente!

FURRY CARPET / MANTA / puff
Almofadas: NÓRDICO ALCE / hall of diamonds / ouriço

Mais caseiro

Dispensando um pouco todas aquelas coisas modernosas, o hygge valoriza mais o rústico, principalmente a madeira, já que ela é predominante em lugares frios, na estrutura da casa pra manter a temperatura, e nos móveis também.

Trélica de madeira / Nicho / Mesa de centro / Porta chaves

Mais claridade

Não tem luz solar, mas tem toda uma preparação pra receber QUALQUER LUZ, cada um se vira como pode e lá, as casinhas são construídas com janelas bem grandes pra garantir iluminação durante o dia. Lá, se tem lareira pra deixar o ambiente mais quentinho e intimista, aqui a gente pode explorar as velas, que além de cheirosas, ficam super charmosas na decoração, ou luminárias únicas, tipo abajur, pra iluminar lugares específicos.

Velas / Trio de velas / luminária suporte

Mais natureza

Pode ter plantinha sim, elas são muito bem vindas porque reforçam a naturalidade do ambiente, deixando mais colorido e fresquinho. Dá pra investir em vasos ou hortinha suspensa, de acordo com o espaço da casa.

Vaso clube da horta / cachepô / hanger algodão / hanger espanha

Se você quer mais saber mais sobre a Dinamarca, eu recomendo dar uma boa olhada no Visit Denmark, lá tem muitas dicas e informações. E pra quem quer implementar esse estilo na própria vida, tem um livro lindo sobre isso chamado The Little Book of Hygge: The Danish Way to Live Well, de Meik Wiking, não tem versão traduzida ainda e eu já quero :( Espero que tenham gostado das dicas, BLZ FMZ VLW #PAS


#Inspiração . 08 de dezembro de 2016 . COMENTÁRIOS (14)

Pô, eu acho maior daora compartilhar essas coisas de lettering com vocês quando eu vou aprendendo, porque nem todo mundo tem acesso a cursos ou materiais, né? E pra quem não viu outro dia, eu já indiquei o Instagram de algumas pessoas super talentosas que podemos nos inspirar e treinar em casa.

Como já tinha comentado no #previously, eu tive a oportunidade de fazer um curso maravilhoso no mês passado, o “Textos e Tramas”, até fizeram um vídeozinho do rolê. Eu aprendi muita coisa com as minas, mas o mais incrível é quando a gente começa a conhecer a infinidade de possibilidades e materiais, sério, o risco de se empolgar, enfiar os pés pelas mãos e sair comprando tudo pra fazer é GRANDE! Eu mesma (falida mello) já tive minha cota de visitar a Casa do Artista e Papelaria Universitária pra comprar umas Tombow (já que é pra tombow, tombei! (perdão!)) e Posca, marcas excelentes pra adquirir 🖌

Mas como eu estou aqui, todos nós vamos tomar o devido cuidado com a burra e começar investindo em itens SUPER acessíveis pra treinar com a mesma efetividade.

✏️ Lápis comum ✏️

Sim! Aliás, ele é ótimo pra ter cuidados com as burras no papel, então fica mais fácil desenhar as letras antes de passar a caneta/pincel, e eu aprendi uma técnica muito maravilhosa pra quem começar treinando com o alfabeto fundamental, mas serve também pro lettering, que é assim: você pega esses dois lápis comum e gruda dois juntos, com fita crepe mesmo! Essa “técnica” é conhecida como lápis duplo, e o traço que eles fazem juntos deixam uma marcação de borda, então fica fácil pra treinar a movimentação da mão, seguindo os passos pra desenhar cada letra e depois que tiver satisfeito com o traço, passa pro preenchimento.

Materiais pra Lettering

🖌 Pincéis 🖌

Aqueles pincéis que a gente usava na escola também servem, sabia? Tanto o da ponta quadrada quanto da macia (?) podem ser uma opção super barata (eu sei que na loja física da Daiso tinha), e como os pincéis não tem tinta (!), você pode comprar um potinho de tinta aquarela, achei na internet por até R$10 da marca Aqualine (veja aqui), ou nanquim escolar mesmo, que custa uns R$3.

Uma segunda opção, é o Koi Water Brush, da Sakura (essa marca tem materiais num preço ótimo!), ele tem um reservatório que você pode colocar água ou tinta, dando até um efeito aquarela! Eu já paguei mais barato, mas vi que ele custa R$22 (veja aqui).

🖍 Canetas / Brushpen 🖍

Eu sou a rainha das brushpen, é a minha melhor opção e existe uma infinidade de marcas, tá? Eu mesma já comprei da Tombow e da Posca, são realmente ótimas, mas pra quem não quer pagar 30 reais em UMA caneta, tem a chance de pagar 30 reais em 10 canetas que possuem quase o mesmo efeito, e além de possuir uma ponta pincel, ela tem várias cores lindas.

O kit de Visaquarelle, da BIC, custa R$26 (veja aqui), ou se você já quiser umas canetas bem babadeiras, tem o kit Metallic, da Faber Castell também, que custa uns R$22 (espia aqui).

Materiais pra Lettering

Também aproveitei que tava com a mão na massa e fiz uma comparação bem tosquera das pontas de cada uma das canetas pra vocês terem uma ideia que não vai mudar a vida de ninguém, BRINKS! Mas que é quase tudo a mesma coisa. Da esquerda pra direita temos: Visaquarelle azul claro (BIC), Koi Coloring Brush Pen roxa (Sakura), Dual Brush Pen 373/seablue (Tombow), Metallic Ponta Pincel prata (Faber Castell) e a Pincel PCF-350 prata (POSCA).

Materiais pra Lettering

Todos esses materiais são super acessíveis, então pra quem ficava desanimado ou ficou falido de comprar um monte de material caro, dá pra começar com o simples e ir treinando, porque o treino é a parte mais importante desse rolê, não adianta comprar trocentas coisas e achar que vai ser lindo.

Tenha paciência, vai aprendendo os movimentos com o lápis, que daí quando você decidir fazer coisas mais elaboradas, pode começar comprando umas canetas mais maneiras, porque o importante mesmo é o treino, o resto a gente vai investindo depois, tá certo? Espero que essas dicas tenham sido bem válidas que é pra ninguém aqui dar desculpinha, BLZ FMZ? VLW FLW!



© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵
© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados.