✨ NAVEGUE PELAS CATEGORIAS ✨
Blogosfera Cotidiano Livros e Séries Estilo Freebies Inspiração Jogos Música Tech

Toda sexta-feira é dia dos minigameiros, com dicas pra calejar os dedos!

#Jogos . 20 de janeiro de 2017 . COMENTÁRIOS (7)

Quase um mês depois e voltamos com mais uma sexta minigameira, com a melhor dica de pior jogo do mundo só que não, pois se tem gatos, é impossível ser horrível, né? Eis que nosso Grumpy Cat 🐱 lançou o Grumpy Cat’s Worst Game Ever, o pior jogo que você vai jogar no seu celular 🕹

.

Grumpy Cat's Worst Game Ever Grumpy Cat's Worst Game Ever Grumpy Cat's Worst Game Ever

BAIXE NO GOOGLE PLAY OU NA APP STORE

.

Ele tem a mesma pegada do WarioWare (pra quem conhece), é um jogo cheio de minigames com o Grumpy Cat pra serem desbloqueados e os seus inimigos aqui são o tempo e a velocidade, além de você mesmo.

Grumpy Cat's Worst Game Ever Grumpy Cat's Worst Game Ever Grumpy Cat's Worst Game Ever

Conforme você vai completando estes minigames (que aparecem em ordem aleatória), que incluem desde desafios de coordenação mesmo até estourar balões, tirar espinhos do Grumpy Cat, é umas coisas bem engraçadinhas, o nível vai aumentar, então os minigames ficam mais rápidos e difíceis de serem completados, mas ao acumular pontuação e moedas, você pode trocar por prêmios, que são: mais Grumpy Cats e minigames.

Resumindo: é um joguinho pra passar o tempo e dar umas risadinhas do mau humor dele. Você só tem três chances de errar, mas a última sempre é recuperável se você assistir aqueles #ad, sabe? Mas se você perde, tudo bem, você ganha uma frase motivacional dele pra começar de novo (só que não).

.


#Jogos . 18 de novembro de 2016 . COMENTÁRIOS (0)

Depois de alguns meses, estamos de volta com mais uma Sexta-feira Minigameira, que era pra ser meu drops (quase) semanal sobre o mundo gamer, mas ele ainda vai dropar jogos por aqui, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Tuber Simulator

BAIXE NO GOOGLE PLAY OU NA APP STORE.

Mais um jogo de vlogger, mas desta vez é feito por um vlogueiro bem experiente! Felix Kjellberg, também conhecido como Pewdiepie lançou recentemente o Tuber Simulator, e ele é quase no mesmo esquema do Vlogger Clicker, sem a parte de clicar loucamente, pois ele é de simulação, mais de boas, onde você é um aspirante a youtuber e vai sendo guiado por ele de uma maneira bem zuerinha.

pdp pdp01 pdp8

Esse é o seu cenário, conforme você ganha views e seguidores, você vai poder comprar mais coisas maneiras e deixá-lo bem personalizado, vejam como eu sou um case de sucesso do jogo. A notinha verde você ganha bastante também, funciona como aquelas moedas especiais de jogos mobile, você consegue aumentar o quarto com ela e comprar itens pro seu tuber.

Clicando no avatar lá em cima, na direita, você além de ver o nível, também acessa as suas estatísticas , onde tem o nome do meu canal (que poderão me adicionar quando começarem a jogar) vê os números totais, seu nível em cada tema (que você melhora na Árvore), e os seus melhores vídeos.

Indo pro menu inferior, a gente tem: Faça um vídeo, Árvore de Conhecimento, Loja, “A parte social do jogo” e as Missões.

pdp2 pdp22 pdp32

Faça um vídeo é onde você grava os vídeos e ganha views e seguidores, e conforme você grava, você vai descobrindo as tendências do momento, que fica em destaque ali em popularidade e fazer vídeo desses temas vai te render mais números!

O jogo tem 10 temas definidos por ícones, que são: animais, beleza, comédia, “escuridão”, jogos, estilo de vida, música, natureza, ciência e esporte. O reforço é um #ad, onde você assiste um video propaganda e duplica as visualizações dos seus vídeos por 1 hora.

pdp4 pdp5

A Árvore do Conhecimento é onde você vai investir em coisas pra melhorar o seu canal, você ganha esse “cerébro” quando compra itens novos, sobe de nível ou completa as missões.

pdp6 pdp10 pdp11

A Loja é onde você vai comprar móveis e acessórios legais pro seu quarto! Cada nível desbloqueia uma série de itens temáticos, esses itens te deixam mais expert em um ou dois temas específicos. Lá você também consegue personalizar seu tuber, com roupa, cabelo, os equipamentos e a parede e chão do quarto.

pdp7 pdp9 pdp12

A “parte social do jogo” é onde você pode visitar outros cenários, de amigos e desconhecidos, e onde tem eventos pra avaliá-los, eu não sei muito sobre ela, pois não tenho migos :( E as missões é onde o Pewdiepie te faz desafios e conforme você completa, vai ganhando tudo o que tem de bom no jogo! E além de tentar ser um tuber melhor, temos um minigame chamado Puggle, que é um pinball com os pugs dele, e quanto mais pontos você faz, mais diminui o tempo dos itens chegarem.

O jogo é bem divertidinho, dá pra perder um tempo sem ficar com cãimbra no dedo, até porque pra produzir os vídeos ou receber os itens demora um tempinho, então dá pra jogar e deixar as coisas rolando e depois voltar, sabe? Sem aquela responsabilidade de “preciso logar toda hora“, fica de boa que você vai chegar lá! Ele está todo em português e tem vários tutoriaias explicando os processos.

Peço desculpas pelos prints vacilo, que acabou saindo a barra de status em cima da tela, porque o Lenovo só tira print assim, mas deu pra ter uma ideia das telas, então seguimos.

Espero que tenham gostado da dica de hoje! Se você tiver algum outro jogo que você queira indicar pra mim: “Ó, Babee, você precisa jogar esse jogo, muito manero!“, deixa nos comentários que eu darei um feedback aqui no blog :D BLZ, FMZ, VLW, FLW!


#Jogos . 31 de outubro de 2016 . COMENTÁRIOS (1)

Quem disse que não ia ter dica de jogo pra desgraçar a mente? Mas por incrível que pareça, estes eu já joguei, mesmo que seja 5 minutos, eu testei pra vir aqui dizer pra vocês JOGA, mas que eu avisei que era treta! E é assim que eu monto a lista de jogos “pra jogar em posição fetal” 💀 se preparando pro pior!

Bloodborne

PLAYSTATION 4

Produzido pela From Software e lançado no ano passado, ele veio da mesma veia criativa (o diretor Hidetaka Miyazaki) que Dark Souls (o jogo que você só morre). O jogo acontecem em Yharnam, uma cidade gótica que está em ruínas, e segundo boatos, tem uma cura escondido. E isso motivou viajantes pra buscar essa cura pra suas aflições e você é um deles, mas quando você chega lá, percebe que a cidade foi contaminada por uma doença que deixou todos os moradores viraram demonhos. Você só precisa sobreviver, bom jogo!

Eu já joguei um pouco no save game do meu namorado e gostei bastante, o jogo é bem trevoso mesmo e os inimigos são tensos, eu cheguei a enfrentar um boss porco bem daora e o legal dele é assim: morreu? então você vai ser penalizado, perdendo todo o rolê HAHAHAHA você consegue recuperar se decidir voltar no lugar onde você morreu, mas nem sempre é uma boa ideia. Vai ter sangue pra todo o lado, acostume-se e eu consegui um trailer honesto dele pra vocês conseguirem uma ótima análise do jogo:

xxx

Dark Souls 3

PLAYSTATION 4, XBOX ONE E PC

Díficil falar de Bloodborne e não falar de DS, que é o jogo mais fodido da nossa época, basicamente, ele é um jogo feito pra morrer. Pelo que eu sei, a história ainda é confusa pra quem joga, mas ele é o fechamento do ciclo de trilogia Souls. Fazendo um pequeno recapitula aqui, cada título se passa em um lugar diferente, você começa no Asilo dos Mortos e é levado para Lordran, terra dos antigos deuses, um lugar criado no início da Era do Fogo, após a destruição dos dragões imortais. Daí vamos pra Drangleic, uma terra longe pra caramba, lá no reino de Vendrick, infestada por mortos vivos.

Voltando ao DS3, conhecemos Lothric, que é onde as terras dos Lordes das Cinzas convergem, e você já vê esses caras acordando do túmulo no começo do jogo quando um sino avisa que a Primeira Chama estava se apagando. E me parece que o objetivo é acender a chama, já que os antigos lordes que tinham este dever de reacendê-la simplesmente vazaram do rolê e sobrou pra quem? Pra você e um quarto lorde, Ludeth de Courland, todo cagado e desfigurado acender a chama. Mas basicamente, você vai passar mais tempo chorando do que jogando, segundo meu irmão.

xxx

Resident Evil: Revelations 2

várias plataformas

RE Revelations 2 veio trazer de volta aquele climão dos primeiros jogos da franquia, e tem modo co-op pra você jogar com seu migo ou mozão e deixar a experiência do jogo mais daora ou dramática. O jogo se passa entre o Resident Evil 5 e 6, ele tem 4 capítulos, divididos em duas partes, pra se jogar com duas duplas diferentes.

Tudo vai começar num coquetel entre migos da Terra Save, e neste rolê estão a protagonista Claire Redfield, e Moira Burton, novata da TS (elas são a primeira dupla). A festa é invadida e essa galera é levada pra uma ilha tensa, e Claire e Moira tentam sair de lá vivas, tentando descobrir como foram parar lá e quem está por trás dessas tretas. Seis meses depois, Barry vai pra ilha pra encontrar Moira, que é sua filha, e chegando lá, ele encontra Natalia, uma garotinha estranha (porém nossa miga). Eis uma nova dupla!

No jogo, Barry e Claire possuem armas pra se defender, mas Moira e Natalia não, elas estão lá pra auxiliar, seja abrindo baús, iluminando passagens ou atacando de formas menos ofensivas (com tijolos ou pé de cabra). Enquanto Moira tem a lanterna, Natalia tem o poder de “sentir” a presença dos inimigos próximos ou invisíveis. Estou jogando ele e estou adorando, fica dica :)

xxx

Outlast

PLAYSTATION 4, XBOX ONE E PC

Mais um jogo pra tomar susto, mas diferente dos outros, você não pode atacar, só se esconder :)))) Nele, estamos na pele de Miles Upshur, um jornalista autônomo que um dia recebeu um e-mail de uma fonte anônima conhecida como “The Whistleblower” (do português, o denunciante), sobre um hospital psiquiátrico que é operado pela corporação Murkoff. E aí ele fez o quê? Ele foi lá investigar!

Chegando lá, o hospital tá abandonado, não tem ninguém, MAS tem uns carros da SWAT na entrada. Após invadir o lugar, ele encontra vários corpos espalhados pelos corredores, tem coisa errada, vamos embora? NÃO, VAMOS REGISTRAR! E pra isso, ele levou uma Go Pro, que precisa de muita bateria :D Joguei e não consegui jogar, gravei um gameplay do Outlast 2 e também não publiquei porque achei que não tomei tanto susto (?), mas o jogo oficial é para fortes, se você é bom de esconde-esconde, taí um jogo pra explorar!

xxx

Fatal Frame 2: Crimson Butterfly

PLAYSTATION 2 e 3, XBOX E Wii

Eu poderia colocar qualquer Fatal Frame aqui, porque quando se fala de japonês fazendo terror, tudo é tenso demais pra decidir qual é pior, então decidi colocar um que eu já joguei. Apesar de ser o segundo jogo da franquia, a história é diferente do primeiro, aqui é sobre duas irmãs gêmeas, Mio e Mayu.

As duas estão de boas passeando em uma floresta tranquila, que inclusive costumam passear desde crianças (alerta de cuidado), quando Mio se lembra de um dia que sua irmã não teve cuidado com a burra e se acidentou, deixando ela manca. Enquanto uma ficava se lembrando do acidente, a outra irmã, Mayu, começa a seguir uma borboleta vermelha (???), e então Mio percebe e segue a irmã com medo de que algo dê ruim novamente e a borboleta leva elas para uma vila abandonada, daoras :)))))

Aí a noite cai, o frio desce e elas não sabem como voltar pra casa. E Mayu continua seguindo a borboleta. E Mio continua seguindo a irmã, descobrindo um lugar cheio de ritual macabro e histórias tensas, tentando sobreviver aos sustos e o único jeito de se proteger é usando a Câmera Obscura, que é uma câmera fotográfica que exorciza os espíritos da vila. E VOCÊ VAI ENCONTRAR MUITOS, VIU? Eu joguei no máximo 10 minutos, não consegui exorcizar um fantasma, tive uma taquicardia de susto e desliguei o videogame. Mas pra quem curte, boa sorte!

xxx

Silent Hill 2

PLAYSTATION 2, XBOX E PC

Novamente, eu poderia colocar qualquer SH, mas decidi pelo que eu acho mais tenso e não, nunca joguei ele, mas já vi meu irmão jogando e isso é o máximo que eu consigo aqui. A história traz James Sunderland à Silent Hill, através de uma cara de seus esposa, Mary. Eles costumavam passar as férias lá, mas essa cidade não é a mesma que ele conheceu, ela está coberta de névoa e novos habitantes, mais medonhos. Na carta, ela descreve alguns “lugares especiais” e ele tenta chegar nesses lugares pra ver se encontra pistas da mulher. No meio do caminho, ele acaba conhecendo Laura, uma garotinha que parece imune aos efeitos da cidade e não vê os monstros como James vê (!).

Qualquer jogo da franquia é bem interessante porque é muito mais do que horror/survival, sabe? Ele mexe com o psicológico, você conhece os medos e a história dos personagens, é um jogo que joga verdades de um jeito bem macabro, cada monstro e cada local tem um porquê de estar daquele jeito, desfigurado, mostrando que os piores monstros podem ser nós mesmos.

xxx

Menção honrosa: PT

PLAYSTATION 4

A demo (do demo) jogável mais sinistra que o mundo gameiro já viu. Era pra ser uma introdução de desgraçamento do Silent Hills, um novo título da franquia da Konami, produzida pelo gênio Hideo Kojima em parceria com Guillermo Del Toro, e com a ilustre presença de Norman Reedus. Neste preview, a gente vê a história de um assassinato que é revelado por uma reportagem no rádio. O protagonista está preso num looping de corredores, que é assombrado por uma fantasma chamada Lisa, e conforme você vai passando pelo cenário várias vezes, mais bolada fica a história porque você vai descobrindo mais coisas juntando as pistas, como quem a matou.

Não achei um trailer porque é só uma demo, então peguei um gameplay pra vocês verem como é tenso. Também joguei, tomei susto e não joguei inteiro, pois né? O jogo não vai rolar, porque a Konami tretou com Hideo, mas sabemos que ele continuou a parceria com o Norman e vem aí um outro jogo mais daora que esse!

E aí, vocês gostam de jogos de terror? Se tem algum que te fez tremer na base e eu não listei aqui, conta pra mim porque eu não vou jogar! Ou vou? Nunca se sabe, né? afhaoisuhf Enfim, espero que tenham gostado dessas dicas e hoje a gente encerra os posts de halloween, então feliz sustos 🎃 BLZ FMZ VLW FLW!



© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵
© 2010 - 2017 Babee. Todos os direitos reservados.