✨ NAVEGUE PELAS CATEGORIAS ✨
Blogosfera Cotidiano Livros e Séries Estilo Freebies Inspiração Jogos Música Tech

Aquelas playlist que a gente escuta até riscar o HD.

#Música . 16 de Março de 2016 . COMENTÁRIOS (4)

Como passar por essa mulher sem parar pra ouvir? Ashley Nicolette Frangipane, também conhecida como Halsey (que é anagrama de Ashley) OU MC HALSINHA (depois de sua visita ao Lollapalooza), tem 21 anos e começou a fazer sucesso em 2012, também com covers no YouTube, mas foi só em 2014, quando disponibilizou os seus trabalhos autorais no SoundCloud, que começou a ser vista e receber oportunidades pelas gravadoras.

Halsey

Ela lançou em 2014 o seu primeiro EP, Room 93, depois de ter fechado com a gravadora Astrawerks, e esta foi a sua porta de entrada pra começar a colar em alguns festivais norte-americanos. Nele, temos faixas maravilhosas como Hurricane e Ghost.

A Ghost tem duas versões de clipe, uma feita na época do Room 93, que mostra o relacionamento da Halsey com um cara, e esta nova (acima) que mostra ela se relacionando com uma mulher, e que acabou gerando várias polêmicas na mídia.

Halsey Halsey
Halsey Halsey

A Halsey definitivamente não é só um rostinho bonito no rolê, ela bate muito de frente com questões a respeito de racismo e sexismo, e apesar de muitas pessoas abordarem estes assuntos com mais frequência e levantarem bandeiras, poucas dão a cara a tapa, ainda mais em começo de carreira, mas ela tem personalidade forte e não deixa barato não, até porque sexualidade e relacionamento são assuntos que refletem bastante nas suas letras, e ela já deixou bem claro que é bissexual, por este motivo que gravou uma nova versão do clipe.

Halsey

“Eu estou cansada de ouvir ‘se cubra’, ‘não fale sobre o seu corpo’, como se nascer mulher fosse uma vida de vergonha e culpa por causa do seu gênero.” (via twitter)

Halsey

No ano passado, ela lançou Badlands, seu primeiro álbum, e foi nesse balanço indie pop, ás vezes meio bad vibes, que ela me conquistou com as maravilhosas New Americana, Colors e Hold Me Down, e outras tão boas quanto como Castle, Control e Drive. Ela é tão danada que ainda fez uma participação na música The Feeling, do Justin Bieber.


#Música . 09 de Março de 2016 . COMENTÁRIOS (7)

Adivinha quem vamos em mais uma edição do Lollapalooza Brasil? Acertou quem disse: eu-zi-nha! Infelizmente, eu não fui no ano passado por motivos de: vacilação… MAS este ano, apesar de deixar pra comprar de última hora, nós vamos sim, morrer de tanto correr pelo Autódromo de Interlagos.

E todo ano é as mesmas coisas, né? Mil posts com looks maravilhosos pra ir em festivais, mas gente, tudo fora da minha realidade, então eu decidi montar looks bem tranquilões, com roupas que você também tem aí no seu guarda-roupa, pra usar e ficar confortável vendo suas bandas favoritas, me dá sua mão e vem comigo:

look1

Look #1 Pega a sua camiseta mais bacana, no meu caso, usei uma da Ziovara que eu AMO!

Look #2 Um vestidinho bem solto eum coturno/bota. Já usei este look há uns anos atrás e foi 10/10.

Look #3 Pras mais ou$adas, uma barriguinha de fora cai muito bem sim, está calor e chuto aí uns 35°C, fácil! Você pode dar uma disfarçada no cropped com um kimono também :)

Look #4 Porque eu não posso ter/fazer coisas legais em casa: gatos. Mas não pode levar pro Lolla, tá?

Agora pega sua escolha, junta com hot pants ou saia, se for usar meia calça, usa uma fininha; Uma bota (meu coturno florido é da Blumen Store) pra te deixar preparada, caso chova, e a sandália pra te deixar arejada, pois ninguém merece fritar o pé de tanto andar (segundo a Duds, algumas podem fazer bolha no pé, o calçado e o pé é seu, você sabe o que é confortável pra você); Uma bolsa que caiba SOMENTE o que você precisa (documentos, ingresso, canga, etc); um óculos de sol divo (o meu é da Ui! Gafas) porque vai estar um sol maravilhoso e pra proteger essa cara no sol.

Acessórios são super válidos, abuse de colar, pulseira, tiara, bandana, penteado, mas nada que vá atrapalhar ou dar muito trabalho, porque você vai se descabelar muito lá :D

Pintada sim, borrada jamais!

Pra quem não dispensa uma maquiagem, vale ressaltar o uso do protetor solar e uma maquiagem leve. Aposte mais nos batons! E se você não abre mão do delineador/rímel, use aqueles a prova d’água, sério, ninguém quer ficar toda cagada no meio do festival, né? Fora que maior rolê ficar se retocando no meio da galera, usa esse tempo pra curtir mais!


via Shutterstock

Se programa pra não se estrepar!

Quando eu fui a primeira vez no autódromo, tinha zero noção do quanto eu teria que andar entre os palcos, cheguei em cima da hora, perdi vários shows, mas este ano será diferente! Anote os horários e a localização dos shows, ou baixe o aplicativo (pra Android e iOS) do evento pra saber que horas vai dar tempo de comer ou beber, dar uma descansada e correr novamente pros palcos.

Aproveita e confere agora as bandas que você não pode perder, nesta seleção feita pelo Discophenia e já se prepara pra andar muito:

Você não pode deixar de ver: O Guia de Mochileiro do Lollapalooza 2015, feito pela Duds e pela Vic no ano passado, mas tem dicas que são válidas em qualquer edição de festival. E este vídeo com um lookbook especial para o Lolla, com looks góticos e fresquinhos da Celle pra você, que achou que só os meus looks não ajudaram a decidir, vai na dela que é sucesso!

Depois de todas essas dicas, eu só tenho é que desejar a vocês que vão, que tenham um ótimo festival, bebam muita água e usem protetor solar, não esqueça a capa de chuva! BLZ FMZ VLW FLW :D


#Música . 17 de Fevereiro de 2016 . COMENTÁRIOS (9)

Alessia Cara, ou como está no seu R.G., Alessia Caracciolo, nasceu no Canadá e com apenas 19 anos, já é cantora AND compositora, mas já era famosa graças aos covers que publicava no seu canal do YouTube.

Alessia Cara

Hoje, a Alessia ganhou destaque pelo seu single de estréia, Here, lançado no final do ano passado, que nada mais é que um hino da galera desprendida que só quer ficar de boas no rolê, como ela mesma diz “It’s a party song, but really it’s the complete opposite of a party song. It’s absolutely me; it shouts out the person in the corner of the party, looking around uncomfortably. I feel like this song narrates what the wallflower is thinking.” QUEM NUNCA?

“I’m sorry if I seem uninterested
or I’m not listenin’,
or I’m indifferent,
truly I ain’t got no business here.
But since my friends are here,
I just came to kick it!

But really I would rather be at home
all by myself…”

Alessia Cara – Here

Alessia Cara

Além dessa, também encontramos no seu primeiro álbum KNOW-IT-ALL outras músicas daoríssimas como a Seventeen, ou a fofa da I’m Yours, a Wild Things e a Four Pink Walls, basicamente gosto de todas e com esse ritmo meio indie/meio R&B, dá pra ficar dançando de boinhas sem querer se enturmar com a galere.

O mais daora de tudo isso é que quando você pensa que ela já é maravilhosa, ela me vem com esses clipes gravados por ela mesma das músicas, tem como ficar mais maravilhosa? NÃO!





© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵
© 2010 - 2017 Babee. Todos os direitos reservados.