Blog Blog Tip Design Internet Jogos Beleza Música Rotaroots Pessoal TV


jogos category image
20 de março de 2015

OLAR COLMÉIA! Hoje temos mais uma Sexta-feira Minigameira, que é meu drops semanal sobre o mundo gamer, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Continuando a sequência de jogos muito maneiros da semana passada sobre jogos para criativos (designers, ilustradores e simpatizantes), separei mais alguns joguinhos que vão testar a sua atenção, visão e precisão (tudo ÃO), pra quem não está acostumado, já a gente que trabalha com arte desenvolvemos diariamente, por isso eu me divirto com estes joguinhos, e espero que vocês também!

Pixact.ly

Pixactly

Pixact.ly é um jogo de medidas, ele te pede uma largura e altura em pixels e quer saber o quão próximo você consegue chegar daquele valor, e pra isso, você tem que desenhar um quadrado e ir calculando até chegar a medida certa. É ótimo pra treinar quem quer mexer em HTML, você já vai tendo uma percepção melhor do tamanho dos pixels.

Online Color Challenge

Color Test

Online Color Challenge quer testar se você enxerga bem mesmo, pois existem pesquisas que comprovam que 1 em cada 255 mulheres e 1 em cada 12 homens possuem alguma deficiência visual, e ele te dá três paletas de cores e você precisa reorganizá-las de acordo com cada tom, fazendo com que a transição das cores seja precisa. E este tipo de jogo é o meu preferido! Já falei sobre um jogo parecido com este só que pra mobile neste post.

Color

Color

Color tem o mesmo objetivo do Color Challenge, só que nele temos um círculo cromático, onde você tem que acertar o tom que vai aparecer no centro do círculo, e o círculo vai mudar de acordo com a variação das cores.

Rag Time

Rag Time

Rag Time já quer saber o quão atento você é aos textos e seus alinhamentos, apesar de ser em inglês (e consequentemente, mais fácil), é bom pra treinar a atenção aos hífens e espaçamentos, pois não tem coisa pior do que ler um parágrafo e no final dele, encontrar uma víuva, sério, é feio.

The Bézier Game

Bézier Game

The Bézier Game é o jogo mais difícil deste post, porque eu tenho uma certa dificuldade em desenhar nós do Illustrator, na verdade, é quando preciso fazer curva nos nós, que morte terrível. Ele é diferente do Shape Type que indiquei no post passado, porque neste você que faz o nó e não corrige, o que é mais treta, MAS se você gosta de uma sofrência ou quer só treinar (super digno), tenta a sorte.

E aí, já conhecia estes jogos? Se tiver algum outro jogo que você queira indicar pra mim: “Ó, Babee, você precisa jogar esse jogo, muito manero!“, deixa nos comentários que eu darei um feedback aqui no blog :D



2 comentários

polinize


jogos category image
13 de março de 2015

OLAR COLMÉIA! Hoje temos mais uma Sexta-feira Minigameira, que é meu drops semanal sobre o mundo gamer, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Sei que vocês gostam bastante de jogos de navegador, então hoje eu vou unir o útil ao agradável: dicas de jogos para criativos (mas se você não é designer e quiser jogar, pfvr, puxe uma cadeira e sente no chão). Eles são um pouquinho diferentes dos jogos convencionais, porque ao mesmo tempo que eles foram criados pra entreter, eles também testam nossas habilidades, visuais principalmente, o que pode ser uma má ideia pra pessoas impacientes, né?

Então aproveite seu momento de procrastinação (quando estiver terminado seus jobs, né?), pegue um cafézinho e dê uma olhada nos jogos que eu separei e printei (o que eu joguei) pra vocês:

kern type

Kern Type
Kern Type vai testar se o seu olho é bom quando se trata do espaçamento entre as letras, já revelo que eu achei bem treta (mas postei a foto que consegui 10/10, claro), porque serifadas enganam muito. Pra jogar, você só precisa mover as setas do teclado ou usar o mouse, movendo as letras e no final você compara pra ver se você acertou a posição, boa sorte!

Helvetica VS Arial

Helvetica VS Arial
Helvetica VS Arial recorre aos hipsters de plantão para que ajudem a pobre Helvetica a dar um coro (for real) na Arial, sua rival invejosa, que tentará acabar com você, mas não deixem, ok? Meu usuário nas internerds não é Don’t call me Ariel a toa, My name is Helvetica! (pra quem nunca entendeu a piada, rs)

Kill Comic Sans

Kill Comic Sans
Kill Comic Sans é bem simples, pegue a sua raiva da Comic Sans e taca-le pau! Eu, particularmente, ainda tenho um apreço já que ela foi minha companheira durante a escola, adorava usá-la no WordArt, minhas capas ficavam lindas, flw.

Shape Type

Shape Type
Shape Type é pra estralar todos os dedos, relaxar o pescoço e ficar atento, pois ele é o mais difícil daqui, seguindo a mesma ideia do Kern Type, mas aqui você deverá corrigir os pontos (nós) das fontes, deixando a letra certinha, e conforme você avança, os pontos que precisam ser arrumados vão aumentando e vai ficando mais tenso, que a força esteja com você!

E aí, já conhecia estes jogos? Se tiver algum outro jogo que você queira indicar pra mim: “Ó, Babee, você precisa jogar esse jogo, muito manero!“, deixa nos comentários que eu darei um feedback aqui no blog :D



comente!

polinize


jogos category image
06 de março de 2015

OLAR COLMÉIA! Hoje temos mais uma Sexta-feira Minigameira, que é meu drops semanal sobre o mundo gamer, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Essa semana tem indicação de mais jogos legais pra computador ou console! Pra quem não é muito fã de ação, gosta mais de jogos com histórias mais elaboradas, vai gostar da minha recomendação, pois são o que eu chamo de jogos narrativos, que possuem um outro tipo de imersão, mais puxada pro lado emocional, onde o nosso envolvimento com os personagens acaba sendo maior (não que os outros gêneros não proporcionassem isso, mas o foco deste tipo de jogo é esse).

O que me atrai bastante neste tipo de jogo é o desenvolvimento da história, pois eles são baseados na escolha do jogador, desencadeando consequências futuras, levando a finais alternativos, bons ou ruins.

The Walking Dead: The Game

The Walking Dead: The Game

The Walking Dead: The Game: Foi lançado em 2012, foi produzido pela renomada Telltale Games e na época trouxe uma nova perspectiva pros jogos focados em zumbi.

O jogo tem duas temporadas, com cinco episódios cada, e nele estamos na pele de Lee Everett que era presidiário e que no meio de toda essa confusão acaba conhecendo uma garotinha, Clementine, a partir começam a busca pela própria sobrevivência com a ajuda de outros grupos.

O jogo está disponível para todas as plataformas, inclusive mobile. Se quiser saber mais, leia meu post sobre ele.

Baixe no Google Play ou na APP Store.

Game of Thrones: A Telltale Game Series

Game of Thrones

Nota-se que a Telltale não é boba, nem nada, e tratou logo de reproduzir mais um seriado de sucesso! O Game of Thrones: A Telltale Game Series foi lançado no ano passado, o jogo terá seis episódios que se passam entre a terceira e quinta temporada da série, mas só foram lançados dois episódios até agora, nomeados de Iron from Ice e The Lost Lords.

A história se passa na Casa Forrester, que fica no norte de Westeros, e que luta para manter a sua sobrevivência, impedindo que sua casa destruída, e nela, você controla cinco membros da casa e tem a possibilidade de interagir com diversos personagens famosos da série.

O jogo está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Xbox 360, PS3, PC e mobile.

Compre no Google Play ou na APP Store.

Life Is Strange

Life is Strange

Apesar de manter a mesma linha do jogos anteriores, Life is Strange não foi produzido pela Telltale, mas sim pela Dontnod (que também fez Remember Me). O jogo conta a história de Max Caulfield, que depois de cinco anos estudando fora, retorna para sua cidade natal, Arcadia Bay, para estudar fotografia e sua paixão nos envolve a registrar coisas interessantes na cidade.

Poderia ser apenas mais seriado sobre dramas adolescentes, mas o que faz o nome do jogo ter sentido é uma habilidade descoberta pela protagonista logo no início (então não é spoiler, ok?), que dá mais liberdade de escolha pro jogador do que os jogos anteriores, Max consegue manipular o tempo!

O jogo tem cinco episódios, o primeiro já foi lançado e eu já joguei sim e com certeza, apenas aguardando os outros, e está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3 e Xbox 360.

Compre o jogo na Steam.

E aí, já conhecia estes jogos? Se tiver algum outro jogo que você queira indicar pra mim: “Ó, Babee, você precisa jogar esse jogo, muito manero!“, deixa nos comentários que eu darei um feedback aqui no blog :D



6 comentários

polinize


jogos category image
27 de fevereiro de 2015

OLAAAR ABELHOS! Me empolguei tanto com os feriaids de Fevereiro, mas já voltei, pois a vida continua depois do save game, né migos? Mas não é só de jogatina que vive esta abelha que vos digita, além de cuidar da colméia, eu também sou viciada, esporaticamente, em séries. E por uma ~conhecidência~ do destino, as últimas séries que terminei de assistir começavam com a letra O, e uma delas foi a maravilhosa Orange is the new Black (se você não conhece, assista!), que tem já duas temporadas no Netflix.

Red vs Vee

Por quê estou falando isso? Simplesmente porque algo maravilhoso aconteceu: o Estúdio Colletivo e o Battle Lab, ambos de São Paulo, desenvolveram um jogo mobile de graça do OITNB! E ele se chama Red vs Vee, e é baseado na treta louca e histórica das duas personagens “old, but gold” da prisão de Lichtfield.

Red vs Vee

Pra quem acompanhou a série, sabe que as duas tiveram uma disputa de mercado, então o jogador precisa ajudar as duas no processo de contrabando dentro da cadeia, distribuindo os produtos que as presas solicitam, e pra ajudá-las, é possível contar com a Nickie e a Tasteey, que vão auxiliar na distribuição da muamba. Como nada na vida é fácil, muito menos na delas, pra dificultar o rolê, aquele guarda bigodudo fica de tocaia pra impedir o andamento do negócio.

Red vs Vee

Agora dá pra passar o tempo enquanto estamos esperamos aqui na sofrência e ansiedade a nova temporada que só chega em junho, né?

Baixe no Google Play ou App store.



1 comentário

polinize


jogos category image
30 de janeiro de 2015

OLAR COLMÉIA! Hoje temos mais uma Sexta-feira Minigameira, que é meu drops semanal sobre o mundo gamer, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Como estão os pulsos de vocês? Fabricaram muitos cookies? :D Essa semana eu quis ser mais nostálgica, deve ser por conta dos jogos da semana passada que mal tinham gráficos, né? HAHAHAHA Então decidi trazer pra vocês alguns jogos maneiros com o visual retrô:

FEZ
FEZ é um jogo indie lindo, desenvolvido pela Polytron. Eu ganhei ele de aniversário no ano retrasado de um amigo meu que manja muito de games, e amei! No jogo, você é Gomez, uma criatura que acredita viver em um mundo maneiro em 2D até ganhar um fez (chapéu) mágico, e com ele descobre que o mundo pode ser visto por outros ângulos (!), descobrindo novos lugares.

Esse é o diferencial do jogo, você consegue explorar todo o cenário 2D girando 90°, e com isso, pode descobrir aonde estão os cubos que o Gomez precisa coletar pra pra desbloquear novas fases e assim você segue explorando e procurando os cubos. Gente, sério, eu recomendo muito porque ele é incrível!

Corre na Steam

-x-

Papers-Please

Papers, Please é um indie aventureiro desenvolvido pelo Lucas Pope. No jogo, você é um agente de fronteira e agora inspeciona imigrantes que desejam passar a fronteira do seu país, Arstotzka. Todos os dias tem milhares de pessoas apenas aguardando o seu visto pra passar, mas entre elas você vai encontrar traficantes, espiões, terroristas e as mais diversas confusões com documentação.

Eu gostei dele porque é um jogo não linear, e tem 20 finais diferentes, e nem sempre você encontrará as mesmas pessoas, mas o jogo é salvo dia após dia, então é possível reverter alguma atitude precipitada, eu já perdi a conta de quantas vezes eu terminei e só fiquei feliz quando tive um final feliz :)

Corre na Steam ou baixe na APP Store

-x-

Hyper Light Drifter

Hyper Light Drifter está sendo desenvolvido pela Heart Machine há um tempo, já tinha lido um pouco sobre ele no ano passado, me interessou porque é um RPG inspirado em clássicos como The Legend of Zelda: a Link to the Past e o Diablo.

Ele estava no Kickstarter precisando de US$27 mil pra começar a desenvolver, porém o jogo cativou tanto que até agora foi arrecadado cerca de US$645 mil, 20 vezes mais! O único porém é que vamos ter que esperar mais, pois ainda não tem uma data de lançamento :(((( MAS será lançado para PS4, PSVITA, PC, XBox One e Wii U.

-x-

Espero que tenham gostado das indicações, eu tinha um pouco de preconceito com gráficos retrô antigamente, mas estes jogos são mais uma prova que são muito mais do que alguns bits, eles nos ganham pela simplicidade! Se vocês quiserem saber MAIS sobre os jogos, uma resenha mais aprofundada ou quem sabe um gameplay? Deixa aí nos comentários :D



2 comentários

polinize








BABEE.COM.BR © Design e desenvolvimento por Bárbara Pedrosa