Blog cinema design etc internet games modaebeleza musica rota pessoal
blog category image

Não sabia como nomear exatamente este tutorial do slider com post thumbnail, mas consigo explicá-lo: Muitos blogs recentemente aderiram a um tipo de slider de posts mais simples, apenas com quadros de imagens linkando para os posts mais recentes de determinadas categorias no WordPress. Lá na colméia do Facebook, uma das abelhinhas pediu ajuda pra entender COMOFAS? E eu fui atrás, pesquisei e estudei algumas tags e parâmetros pra finalmente estruturar esse “slider”. Queria só ressaltar que eu não encontrei nenhum tutorial específico disso, então eu mesma montei e testei o código pra colocar aqui ensinar vocês. Vamos lá?

Criando um slider com Imagens em Destaque

A primeira coisa que você precisa fazer é ir no Functions.php e verificar se o seu tema tem suporte para as miniaturas (thumbnails). Se não tiver o código abaixo, pode inserí-lo, ele vai dar a opção de colocar a imagem destacada na página do post.

//suporte thumbnail
add_theme_support('post-thumbnails');

thumbnail

leiamais

assinatura

Abelha rainha, designer nas horas ocupadas e gamer nas horas vagas, blogueira roots, pseudo-ruiva e mestre jedi em ruivices.


(13) comente!



jogos category image

E é louco, é macabro, é pra ver de luz acesa mesmo porque tá maravilhoso! Finalmente o Guillermo del Toro nos presenteia com algumas cenas oficiais do que virá em Silent Hills, que pra quem não sabe, recentemente lançou uma demo no PS4 chamada P.T. – Playable Teaser (veja o trailer), mas que não tinha nenhuma ligação com o jogo oficial. Eu joguei, me assustei, é do caralh*, se uma demo conseguiu fazer isso com um monte de gente, imagina quando lançarem?

Silent Hills

O trailer traz toda aquela atmosfera obscura e nojenta, clássica de Silent Hill, aliás, eu fiquei empolgada de ver um dos melhores survival horror voltando as origens, boto muita fé que esse jogo vai surpreender! Mas não garanto que eu vá jogá-lo :~ Mais um gol do time de Kojima e del Toro!

Silent Hills tem previsão de lançamento para 2016 no PlayStation 4, então tem muito chão pela frente.

Não assista o trailer se você tiver medo/nojo, esteje avisado!

assinatura

Abelha rainha, designer nas horas ocupadas e gamer nas horas vagas, blogueira roots, pseudo-ruiva e mestre jedi em ruivices.


(11) comente!



jogos category image

Acredito que todos já conheçam a série Angry Birds, certo? :D Há alguns meses foi anunciado a produção de um jogo super fofo e que finalmente a Rovio lançou! Então apresento a vocês o novo jogo (e meu novo vício) da franquia voltado para o público feminino, que leva o nome de Angry Birds Stella!!!!11

Angry Birds Stella

O jogo se passa agora na Ilha Dourada, quando Stella decide tirar umas férias longe dos seus outros amigos Angry Birds, e na ilha, ela reencontra uma velha amiga, a Gale, que agora virou a casaca e é uma vilã renomeada de “Princesa Malvada” e controla o exército de porcos fedidos que estão a procura pelo ovo dourado. Até aí tudo ok, MAS esses porcos intrometidos acabam roubando o caderno de anotações da Stella (!!!!), que é seu bem mais precioso, o que a deixa boladona e decide ir atrás deles pra recuperá-lo.

Mas peraí, quenhe Stella? Stella é um pássaro fêmea cor de rosa que é rápida com um foguete, e é capaz de se atirar em altas velocidades contra os blocos e ricochetear contra outros alvos. E ela não está sozinha não, o jogo traz quatro novos heróis, melhor dizendo, heroínas:

A Willow é capaz de girar como se fosse uma lâmina e destruir tudo em seu caminho. A Poppy tem o poder de quicar em tabores e rodopiar como um tornado, destruindo o que estiver embaixo. A Dahlia, que consegue passar por dentro de objetos no cenário. O Luca é o único macho da turma, e ainda é um pássaro bem pequenininho, mas que se acha muito grande e possui um grito supersônico que consegue atingir alguns blocos.

Este trailer simula como seriam os personagens na vida real, e dá pra ter uma ideia legal de cada uma das suas novas habilidades :D

O jogo conta com mais de 120 níveis pra se acabar de jogar, eu já comecei a jogar, obviamente, e achei que está bem divertido, voltou as raízes que é o que faz sucesso com a franquia, eu só fico nervosaur porque quero sempre passar com três estrelas nas fases.

Angry Birds Stella

Angry Birds Stella

Não preciso dizer que é de graça e você pode baixá-lo agora mesmo no seu android ou iOS, né? :3

assinatura

Abelha rainha, designer nas horas ocupadas e gamer nas horas vagas, blogueira roots, pseudo-ruiva e mestre jedi em ruivices.


(8) comente!



internet category image

Uma das minhas categorias preferidas aqui é o webvídeo <3 Vocês podem conferir os webvídeos anteriores acessando a categoria Internet, porque eu dei uma remanejada nas categorias do blog :D

“Life is Beautiful”, ou “A vida é bonita”, é um webvídeo que foi desenvolvido em 3D, dirigido por Ben Marca e produzido pelo estúdio Fube em conjunto com a agência holandesa Filmfund & NTR. E ele conta a história da vida de Anton, um homem beeeem baixinho, que passa por diversas dificuldades na sua vida por conta do seu tamanho e que só gostaria de ser notado de alguma forma pelas pessoas ao seu redor.

Até pegando o gancho do post anterior, é muito legal pensar que nós nascemos como nascemos pra algum objetivo em específico, ou até mesmo para alguma superação pessoal, como se tudo na vida fosse criado e calculado para algo maior. O drama de Anton é mostrado de um jeito fofo, que te fará repensar algumas coisas na vida :)

Life is Beautiful

Life is Beautiful

assinatura

Abelha rainha, designer nas horas ocupadas e gamer nas horas vagas, blogueira roots, pseudo-ruiva e mestre jedi em ruivices.


(3) comente!



modaebeleza category image

Recentemente, tivemos o boom da Stop the Beauty Madness, ou apenas “pare com a loucura da beleza”, que é um projeto criado pela Robin Rice e pela Lisa Meade, que colocam em discussão um tema bastante polêmico, o exagero na busca pela perfeição estética, de querer alcançar um “padrão de beleza” imposto pela sociedade que vivemos atualmente.

Pra divulgação desse projeto, foram criados alguns anúncios com questionamentos sobre o assunto, e no próprio site tem uma página com a opção de publicar selfies sem maquiagem, servindo de incentivo para as mulheres registrem sua beleza natural. O incentivo deu certo, pois a partir daí não só publicavam, como lançaram o desafio #NoMakeUpChallenge desafiando as amigas a fazerem o mesmo, não pra sacanear, mas pra incentivá-las a se valorizar. Quando fui desafiada pela Renata, do blog Mulher Vitrola, logo fui atrás pra saber do que se tratava (é muito importante saber o propósito de uma campanha antes de participar) e postei uma foto minha sem maquiagem também na página do Facebook.

beenatural

Algumas amigas curtiram e compartilharam, outras preferiram não aderir a campanha, mas seja quais foram os motivos delas, devemos respeitar isso, pois nem todos se sentem a vontade de participar, e auto estima é um tema difícil e delicado de lidar pra viralizar sem propósito.

Vou confessar que poder publicar uma foto assim hoje em dia é uma vitória particular, até porque todos nós já fomos adolescentes e já passamos por diversas fases e situações desagradáveis. Eu fui uma dessas jovens que não gostava de si mesma, aliás, demorei anos pra me aceitar como eu sou, de enxergar que eu sou bonita sim, do meu jeito, justamente por achar que ao não me enquadrar com o padrão X ou Y, eu não era bonita, não era alta, muito menos magra e você acaba se fechando pro mundo. E quando você se fecha, acaba desenvolvendo uma postura defensiva, que dificulta sua socialização com outras pessoas.

Vai passando o tempo e a gente amadurece e desencana, aliás, sempre fui muito desencanada com essas coisas, tanto que só comecei a me maquiar e ser mais vaidosa depois dos 18 anos, que foi ao mesmo tempo quando as informações na internet se tornaram muito mais acessíveis do que antigamente, hoje é possível encontrar qualquer coisa, como “maquiagens”, “looks”, “como sobreviver ao apocalipse zumbi”, etc.

Com isso, também me tornei mais adepta da liberdade de usar o que quiser, até porque quando eu era criança, maquiagem só era usada para as minhas apresentações de dança, fora isso, nunca fui muito de me maquiar MAS aprendi a usá-las a meu favor, até porque elas também podem nos valorizar de vez em quando. Apenas reforçando que o objetivo do projeto nunca foi vilanizar a maquiagem, apenas dar um respiro <3

beenatural2 beenatural3

Eu comentei que a primeira foto era do ano passado, então segue essas duas em anexo que são bem recentes. Ainda sou a mesma abelha, mas os meus cabelos :3

Só que infelizmente, essa liberdade não é compreendida por todos, muitos ainda vão julgar você por usar um batom vermelho ou por sair de cara lavada, assim como muitos julgarão você por postar fotos sem maquiagem. Eis que eu, magicamente, saí em algumas matérias na internet (veja a matéria do Buzzfeed e Terra) que falavam da #stopthebeautymadness, ao lado de blogueiras que admiro bastante, e um caso me chamou a atenção negativamente em uma das matérias, que foi o de uma ofensa gratuita num comentário, onde simplesmente uma pessoa comentou que uma das participantes era “feia”, assim como também vi no próprio Facebook várias pessoas debochando o fato de mulheres participarem tirando foto sem maquiagem. Oi? Em que ano estamos? Não é sacrifício nenhum tirar uma foto sem maquiagem, eu não tenho nada pra esconder nem pra me envergonhar disso. Mas o curioso é como uma pessoa chega a este ponto? A Lia Camargo gravou um video desabafo e eu também gostaria de citar um comentário que li no Facebook sobre o ocorrido:

“Hoje em dia, as pessoas têm muita dificuldade em diferenciar a opinião da liberdade de expressão”

Resumindo: Na liberdade de expressão, todos podem defender seu ponto de vista, mas na opinião não, porque simplesmente ela não foi pedida, você não pode sair disparando o que você pensa a torto e direito pra qualquer pessoa, seja na rua ou na internet, até porque se a gente chegar em alguém na rua e soltar um “elogio” desses, é capaz de levar um tapa ou ouvir coisa pior, quer dizer, você até pode mas é por sua conta e risco. E convenhamos, esse tipo de atitude não agrega em absolutamente nada, tanto pra quem fala quanto pra quem ouve.

Outro ponto que me incomodou muito e não é de agora, é o fato de todas essas campanhas serem ridicularizadas no Brasil, não aconteceu no meu feed (que só tem lindos!), mas esse desafio virou palhaçada aonde as mulheres tinham que pagar prenda (oi?) se não participassem… BITCH, PLEASE! Isso não é brincadeira, não é uma campanha pra ver quem é a mais bonita sem maquiagem, pfvr, quantas pessoas já se mataram ou quantas outras tem a saúde debilitada de tentativas frustradas de alcançar essa “perfeição” simplesmente porque não se sentem bem consigo mesmo, já pararam pra pensar nisso?

Aconteceu o mesmo com aquele viral do balde de gelo, pessoas participando e gravando vídeos sem nem saber o motivo real de se tomar o banho gelado, sem nem saber que isso era veiculado para as pessoas conhecerem a esclerose lateral amiotrófica (ELA). Enfim, ambos são assuntos muitos sérios e viraram piadas, está faltando bom senso na internet, menos zuera, mais responsabilidade social, pfvr, obg.

assinatura

Abelha rainha, designer nas horas ocupadas e gamer nas horas vagas, blogueira roots, pseudo-ruiva e mestre jedi em ruivices.


(9) comente!













BABEE.COM.BR © Design e desenvolvimento por Bárbara Pedrosa