Blog Blog Tip Design Internet Jogos Beleza Música Rotaroots Pessoal TV
decor category image
03 de março de 2015     5 comentários

Agora que sou uma pessoa formada, comecei o meu projeto mental de colméia ideal (ou apertamento ideal), então comecei a separar boards de inspirações pra quando eu puder ter meu próprio cantinho, pensando em como decorar cada cômodo do jeito que eu quiser, Pinterest me abrace! Eis que estou estreando esta nova catiguria na colméia :D

Eis que a primeira parte da casa que eu pensei: cozinha! Por quê? Muito simples, tem comida. Acho que é quase unânime que a cozinha seja o cômodo mais movimentado da casa, principalmente se ela tiver espaço pra sala de jantar, o que proporciona as pessoas sentarem e conversarem enquanto petiscam/cozinham, né? Mas como também sou bem realista, nem todos os lugares tem espaço pra acomodar tudo junto e ser maravilindo, super barato, então separei formas de deixar o ambiente mais alegre, valorizando ele com cores, já que espaço nem sempre é seu forte, até porque sai até mais barato.

Invista nas paredes

cozinha
Imagens: A Casa di Ro, Country Living, Design Sponge e Retro Renovation.

Sou apaixonada por color block sem limites, todas as cozinhas que eu conheço se limitam no branco/bege quando se pode ter uma infinidade de combinações lindas! Caso não seja possível pincelar as paredes, pode-se pensar em trabalhar o color block na escolha das bancadas e armários mais coloridos! Uma outra ótima opção menos trabalhosa e talvez até mais barata são os papéis de parede, que possuem estampas mais elaboradas e podem ser removidos quando quiser.

Amostre as louças

cozinha2
Imagens: Casa.com.br, Living Beautifully e Patchwork Harmony.

Detalhes podem trazer o charme que falta no cômodo também e pode ser uma saída ainda mais acessível, então separe louças bonitos que você tem e trabalhe melhor em sua disposição! Capriche na mesa com pratos decorados, pendure pôsteres inspiradores (esse e esses) na parede ou ainda use ganchos pra pendurar as panelas (eu tenho uma frigideira de abelha e sei como usá-la)!

Agora que já temos uma cozinha linda (em nossas mentes, pelo menos), não esqueça de chamar azamiga pra inaugurá-la, hein? :D


- X -

Me acompanhe também:

Bloglovin'   ੴ   Fanpage   ੴ   Instagram   ੴ   Pinterest   ੴ   Twitter   ੴ   RSS




5 comentários

polinize



modaebeleza category image
01 de março de 2015     5 comentários

Saga Ruiva

Como pode, eu criar o Ruivices no Facebook e sequer ter postado minha saga ruiva por aqui? SHAME ON ME! Depois de quase 3 anos sendo ruiva, e creio que finalmente estabilizado meu ruivo, posso contar como foram aí todas as minhas desventuras capilares. Quando eu decidi ficar ruiva, ainda não tinha noção nenhuma de tonalidades nem de marcas, por isso optei (e sempre recomendo) por ouvir a opinião de um profissional, só ele pra avaliar o estado do seu cabelo e o procedimento necessário para se atingir o tom desejado (minha mudança capilar só foi super efetiva graças a sabedoria ruivística do Rodrigo, sempre o recomendo porque ele é o que chamamos de ~especialista em ruivas~).

O início da saga ruiva

parte I – 2012

Saga Ruiva

Março/2012: Pra quem viu meu post de transformação, sabe que meu cabelo estava em um tom de cereja e pra chegar no acobreado, foi necessário fazer uma decapagem, tratar e por fim, colorir. A tinta usada no salão foi a Paul Mitchell, não fui orientada sobre o tom utilizado, mas depois de umas pesquisas, descobri que era o 7OR + color shot laranja, a tinta demorou uns 2 meses pra desbotar bem e o seu desbotado é lindo.

Saga Ruiva

Junho/2012: Pra “retocar” meu ruivo, fui instruída a misturá-lo com um tom de loiro dourado, porque ele dá uma quebrada no acobreado e ainda clareia um pouco a mistura, deixando mais laranjinha. Então depois de alguns meses com o cabelo desbotado, eu me arrisquei na Color Perfect (Wella) 8.4 + 7.3 , ela traz um resultado bonito e é super acessível. No mês seguinte, retoquei com ela de novo, só com o 8.4 e já é possível ver que meu cabelo deu uma leve escurecida no tom sem a mistura com o loiro. O único problema dessa marca é que desbota muito rápido.

Saga Ruiva

Setembro/2012: Com a extinta Alfaparf 8.34, recorri a Yellow (Alfaparf) 8.4 + 9.3, e subi o tom pra 9 (loiro muito claro) ver se o laranja ficava ainda mais clarinho, deu super certo, ficou um ruivo super natural! Mas era uma tinta bem difícil de encontrar :(

Saga Ruiva

Outubro/2012: Acabei voltando pra Color Perfect 8.4, pela dificuldade em encontrar a Yellow aqui em São Paulo, aproveitei pra testar uma mistura mais laranjinha, misturando ao invés de um loiro dourado, um intensificador de cor. Eu testei duas marcas, a Color Perfect Special Mix (Wella) 0/43, em agosto, mas ela deixou o ruivo um pouco avermelhado. E o tonalizante Color Touch (Wella) 0/34, que deixou um laranja destruidor. Lembrando sempre que intensificador não tem a mesma fixação da tinta, ele é só um boost de maravilhosidade pra sua mistura.

Saga Ruiva

Dezembro/2012: Terminei o ano recuperando a Yellow 8.4 + 9.3, mas apesar de repetir a mistura, eu alterei a proporção. Como eu comecei a tingir em casa, então eu tive total controle do quanto usar de cada coloração, quando se faz em salão, nem sempre você tem noção certa da mistura, por isso agora sempre que preciso colorir em salão, acabo sempre instruindo como eu faço, até porque já tive casos de desperdício de tinta, e pra gente que mantém o ruivo mensalmente, DÓI NO CORAÇÃO!

Voltando a mistura, pra evitar que meu ruivo desbotasse sempre pro loiro, eu parei de usar a proporção 50%/50% e comecei a aumentar a proporção de acobreado, deixando o loiro só pra dar uma clareadinha mesmo e o resultado foi esse, eu usei nesta época 65%/35%.

Só reforçando que quando optei por tingir em casa, eu sabia de todos os riscos que isso traz, principalmente quando se trata de manchar o cabelo, da tinta não ficar exatamente como eu quero, etc, então se você puder, opte sempre pela ajuda de um profissional. Não citei a água oxigenada em nenhum momento, pois eu sempre uso a volumagem 30, que é a recomendada pra coloração.

A saga não acabou, tá? Preferi dividir os posts em anos pra não ficar um post imeeenso só de overdose ruivística :D Se vocês tiverem alguma dúvida sobre qualquer uma das tintas comentadas no post, podem me perguntar nos comentários! E caso vocês tenham se contaminado e queiram entrar pro lado ruivo da força, venham pro Ruivices, nosso grupo do Facebook :D


- X -

Me acompanhe também:

Bloglovin'   ੴ   Fanpage   ੴ   Instagram   ੴ   Pinterest   ੴ   Twitter   ੴ   RSS




5 comentários

polinize



jogos category image
27 de fevereiro de 2015     1 comentário

OLAAAR ABELHOS! Me empolguei tanto com os feriaids de Fevereiro, mas já voltei, pois a vida continua depois do save game, né migos? Mas não é só de jogatina que vive esta abelha que vos digita, além de cuidar da colméia, eu também sou viciada, esporaticamente, em séries. E por uma ~conhecidência~ do destino, as últimas séries que terminei de assistir começavam com a letra O, e uma delas foi a maravilhosa Orange is the new Black (se você não conhece, assista!), que tem já duas temporadas no Netflix.

Red vs Vee

Por quê estou falando isso? Simplesmente porque algo maravilhoso aconteceu: o Estúdio Colletivo e o Battle Lab, ambos de São Paulo, desenvolveram um jogo mobile de graça do OITNB! E ele se chama Red vs Vee, e é baseado na treta louca e histórica das duas personagens “old, but gold” da prisão de Lichtfield.

Red vs Vee

Pra quem acompanhou a série, sabe que as duas tiveram uma disputa de mercado, então o jogador precisa ajudar as duas no processo de contrabando dentro da cadeia, distribuindo os produtos que as presas solicitam, e pra ajudá-las, é possível contar com a Nickie e a Tasteey, que vão auxiliar na distribuição da muamba. Como nada na vida é fácil, muito menos na delas, pra dificultar o rolê, aquele guarda bigodudo fica de tocaia pra impedir o andamento do negócio.

Red vs Vee

Agora dá pra passar o tempo enquanto estamos esperamos aqui na sofrência e ansiedade a nova temporada que só chega em junho, né?

Baixe no Google Play ou App store.


- X -

Me acompanhe também:

Bloglovin'   ੴ   Fanpage   ੴ   Instagram   ੴ   Pinterest   ੴ   Twitter   ੴ   RSS




1 comentário

polinize



blog category image
18 de fevereiro de 2015     16 comentários

onelovelyblog

Devo, não nego, pagarei agora mesmo! Faz um tempo que fui indicada por blogueiras lindas* a responder esta tag, mas como coincidiu com a Know Your Blogger, acabei deixando ela de escanteio até: agora.

*Fui indicada pela Angélica (By Angel), Bia (Bramare), Duds (Pode me chamar de Duds), Gisele (Guria Chique), Mariana (Good News Everyday), Paula (Paula Abrahao) e pela Thais (Nerdiva). Obrigada meninas!

Por que decidiu criar um blog e quando começou?

Primeiramente, começou em 2002, quando eu descobri que queria aprender a fazer site, que era aquilo que eu queria trabalhar. Não foi totalmente do nada, me lembro de ver uma matéria na televisão sobre sites e achei aquilo sensacional, daí despertou meu *click*. Na época, meios para se criar seu site pessoal não faltavam: Blogger (meu preferido), Webbloger, Blogspot, Blig, Kit.net, Hpg, Zip.net, Geocities, entre outras milhares de opções de hospedagem grátis. O blog seria o meio mais acessível de se começar um site, a maioria dessas hospedagens eram bem didáticas na criação e manutenção, o que facilitava na sua personalização. Apesar de ter aí mais de 10 anos na blogosfera, a colméia está no ar desde 2010, este ano vai fazer 5 aninhos :D

Quais os benefícios que o blog te traz?

O principal é o conhecimento e a curiosidade, eles foram a parceria que me incentivou a aprender tudo o que eu sei hoje sobre web design. Outro benefício, mas não menos importante: amizades, através dele eu pude conhecer muita gente e algumas delas ainda tenho contato até hoje <3

Qual é o post mais acessado?

Segundo aqui meus arquivos abelhísticos, the oscar goes to: Instaruivas para seguir.

Você usa redes sociais?

Sim, claro! E deixo o link delas disponível na lateral e no rodapé do layout pra quem quiser me acompanhar <3

Como o blog tem evoluído?

A colméia evolui a medida que eu acredito nele, quando se é blogueira, é natural que algumas épocas estaremos mais desanimadas e outras estaremos super pró-ativas, e a colméia vai crescendo junto, leve e sem cobranças, acompanhando meu ritmo de dedicação.

Já viveu algum fato importante com o blog?

Já vivi vários, mesmo não tendo tanta visibilidade, já fui convidada pra uma festa da Capricho, acompanhei o início do Be8 e também fui pra SPFW :D Fiz muitas amizades e pude acompanhar a vida de cada uma, entre casamentos e gravidez também <3 Adotei minha alpaquinha! Fiquei ruiva, criei o Ruivices e fui em um evento para ruivas sobre coloração (não sou blogueira de moda e beleza, por isso cito estes eventos que mesmo não sendo do ramo, acabei tendo a oportunidade de conhecer).

De onde nasce a inspiração para escrever e continuar o blog?

Ela nasce porque eu faço com carinho e escrevo sobre coisas que eu gosto, então fica muito mais fácil de escrever. Mas existem outras fontes, como amigos, outros blogs, o Pinterest :)

O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?

Bom, no final de 2014 eu já tinha definido que este ano seria repleto de mudanças, nas duas áreas, a primeira já se concretizou pois agora eu sou designer formada e já trabalho na área (algo que é um pouco difícil de conseguir hoje em dia). E o segundo é que eu decidir MUDAR a minha vida, não vou spoilar.

Qual sua fase favorita?

Eu já citei ela por aqui outras vezes, é um trecho de um texto do Arnaldo Jabour:

“Que medo é este de se ver só, em sua própria companhia”

Qual conselho você daria pra quem está começando agora no mundo dos blogs?

Este conselho vai além de blogueiros iniciantes, serve pra tudo o que você tiver vontade de começar na vida: Se programe, tenha paciência e faça com o coração. Ninguém nos conta que é difícil, mas devemos sempre acreditar no nosso potencial ;)

– X –

Eu não vou indicar ninguém, pois acredito que perdi o timing e todo mundo já tenha feito One Lovely Blog, mas espero que ela tenha servido pra vocês conhecerem um pouco mais da minha relação com a colméia e notarem a pequena mudança no layout, porque eu não paro e aquarela é lindo sim!


- X -

Me acompanhe também:

Bloglovin'   ੴ   Fanpage   ੴ   Instagram   ੴ   Pinterest   ੴ   Twitter   ੴ   RSS




16 comentários

polinize



design category image
04 de fevereiro de 2015     14 comentários

Pokemon Branding

“Desde a publicação da Lei Corporativa dos Pokémons de 2015, conforme anunciado pelo Professor Carvalho, os Pokémons ficaram livres para começar as suas próprias companhias, o que gerou uma demanda pela criação de identidades de marca para os Pokémons.”

E foi assim decretado, então o fundador da agência Pictogram, Sebastiaan de With, pensou em como seriam as identidades visuais corporativas dos nossos pokémons favoritos e desenvolveram uma série de marcas inspiradas em neles. Foi através destes sketchs que começou o projeto Pokémon Branding!

O mais legal é que não foram desenvolvidos somente os logotipos, como também até o posicionamento de mercado que as empresas estarão. Como, por exemplo, o Pikachu, que se tornou o paraíso dos artistas da música eletrônica, desenvolvendo computadores e sintetizadores. Já a companhia de energia Electrabuzz garante que você só vai jantar á luz de velas se for pra impressionar alguém ;)

Pikachu Electrabuzz

A Oddish começou com um coletivo de fazendeiros orgânicos e hoje se tornou uma das maiores “semeadoras” do mundo. Fica a dica prazamiga que ama suculenta :* E pra fortalecer a plantação, nada como investir em fertilizantes do Bulbasaur!

Oddish Bulbasaur

Sua paciência em esperar encomendas do outro lado do mundo acabou! Com o Pidgey, ela chegará antes mesmo da sua próxima compra. Falando em compras, pra quem é elegante, fica essa dica: invista nos óculos Tentacool, é tendência no mundo!

Pidgey Tentacool

Eu já escolhi as minhas preferidas, melhores pokémons:

Beedrill

Adoçicando a vida com o melhor mel do mundo, Beedrill! E pra acender a sua luz no fim do túnel, tenha sempre uma caixa de Charmander na bolsa ;)

Charmander

Pra ver mais o conceito dessas e outras identidades desenvolvidas, clique aqui.


- X -

Me acompanhe também:

Bloglovin'   ੴ   Fanpage   ੴ   Instagram   ੴ   Pinterest   ੴ   Twitter   ੴ   RSS




14 comentários

polinize













BABEE.COM.BR © Design e desenvolvimento por Bárbara Pedrosa