Beleza Blogosfera Blog Tip Decoração Design Internet Jogos Música Pessoal TAG
18 de setembro de 2015

OLAR COLMÉIA QUERIDA! Hoje temos mais uma Sexta-feira Minigameira, que era pra ser meu drops (quase) semanal sobre o mundo gamer, mas ele ainda vai dropar jogos por aqui, então se você gosta do assunto, continua lendo este post, e se você não gosta, continua também porque tenho certeza que vai aparecer alguma coisa que você vai gostar :D

Como sempre falamos sobre jogos mobile aqui, não poderia deixar de citar o anúncio da Nintendo sobre o Pokémon GO, e se você ainda não sabe do que eu estou falando, ele vai transformar o seu celular em uma pokédex, onde será possível capturar pokémons no mundo real, com a tecnologia do GPS e da realidade aumentada.

O mais legal é que já vivenciamos esta brincadeira em 1º de abril do ano passado, onde foram colocados pokémons no Google Maps, vocês lembram? Só que no Pokémon Go, as pessoas terão que ir fisicamente até o local para capturá-los, e além de caçar, também será possível batalhar e trocar pokémons com outros jogadores. Então já pode aquecer, porque a previsão dele ser lançado é no ano que vem, e vai rolar tanto pra Android quanto iOS :D

Pokémon Shuffle Mobile

Mas enquanto ele ainda não é lançado, dá tempo de viciar no Pokémon Shuffle Mobile, que foi lançado pra Nintendo 3DS no começo do ano e agora pra mobile também. Ele é um jogo puzzle, muito parecido com Candy Crush Saga, só que ao invés de doces, você usa a combinação dos seus pokémons pra batalhar e poder capturar outros pokémons selvagens, só que você tem um número limitado de combinações pra fazer isso.

Pra cada batalha, você pode escolher no máximo quatro pokémons (imagem 1), levando em conta o tipo do pokémon selvagem pra escolha deles. Além dos pokémons selvagens, você também poderá ganhar as Mega Stones no decorrer do jogo, que ao ser ativada no jogo, dá ainda mais dano com as combinações, eu já tenho duas, do Audino e do Kangaskhan.

Pokémon Shuffle Pokémon Shuffle

Pra ativar as Mega Stones, você precisa primeiro deixar o pokémon como primeira opção (imagem 2) e no jogo, fazer várias combinações até encher uma barrinha na tela (imagem 3 e 4), daí eles mega evoluem e taca-le pau!

Pokémon Shuffle Pokémon Shuffle Pokémon Shuffle

No final de cada batalha, você tem a opção de capturar o pokémon (imagem 5), mas a captura depende da sua pontuação, sorte e dinheiro, porque nem todos os pokémons são fáceis e você pode precisar de uma pokébola melhor pra isso, daí o jogo vai te dar a opção de compra de outras pokébolas pra ajudar na captura. Eu não consegui capturar o Pikachu e nem quis gastar meu diamante (ele converte em moedas) porque sou pão dura, mas as pokébolas custam cerca 3500 moedas pra cima, dependendo da dificuldade.

Pokémon Shuffle Pokémon Shuffle Pokémon Shuffle

O jogo tem três “modos”, além do trajeto que você percorre batalhando, depois de derrotar 12 níveis com o rank S, você desbloqueia o modo Expert, onde aparecem pokémons mais fortes, como o Lucario. O outro modo é o Special, onde estão os pokémons lendários, como o Mew.

Pokémon Shuffle

BAIXE NO Google Play OU NA App Store.

Se vocês gostaram e quiserem saber mais sobre o Pokémon Shuffle, a Nintendo Blast dá uma super explicação de como jogá-lo, são dicas pra Nintendo 3DS, mas servem pro jogo mobile também, já que o jogo é o mesmo.

Espero que tenham gostado da seleção de jogos de hoje! Já conhecia algum deles? Se tiver algum outro jogo que você queira indicar pra mim: “Ó, Babee, você precisa jogar esse jogo, muito manero!“, deixa nos comentários que eu darei um feedback aqui no blog :D E vocês também podem compartilhar pelo Twitter usando a hashtag #sextafeiraminigameira.


0





16 de setembro de 2015

Eu nunca me imaginei fazendo este tipo de post, e estou bem feliz de poder compartilhar desse amor que já convivia por tabela por ter tantas amigas gateiras na minha vida! Adotar um gato só virou uma opção quando eu me mudei pra colméia, mais por vontade do meu namorado de ter um gato do que minha, porque eu só tive cachorros durante toda a minha vida, praticamente, e não era uma “pessoa de gatos”.

Caramelo

Mel, Memel, Mellow, Caramelo, Caramellow, este é o nosso ruivinho gordo com carinha de bravo, mas que no fundo é bem dengoso. Ele apareceu de repente, e eu sequer tinha pesquisado ONGs pra adotar um miauzinho, mas parece que apareceu pra ser nosso mesmo. Ele é do jeitinho que eu procurava: adulto, ruivinho, calmo, mas não é chato, é bem preguiçoso (o animal é reflexo do dono, né?) e dengoso.

Ele viveu cerca de 5 anos com outra família (e um cachorro fofo) que o ama muito, e que precisou tomar uma decisão difícil neste momento: mudar de país, e nesta mudança levar animais com você nem sempre é uma opção bem vinda, não por parte dos donos, porque sei o quanto eles o amam, mas por conta das circunstâncias mesmo, e é muito triste ter que deixar o bichinho que você cuidou por anos aqui, ainda mais com uma pessoa que você nunca viu. Eu fui essa pessoa, a veterinária dele trabalha comigo, e na hora que soube do que estava acontecendo, me sugeriu a adoção dele, porque ela me conhece e sabia que queríamos adotar, e ao mesmo tempo, seria uma adoção de confiança pra família por deixar o Memel com conhecidos, e eu procurei ao máximo demonstrar o quão confiável seria deixá-lo com a gente.

Tive muitos medos com esta adoção, quando fomos buscá-lo no dia marcado, ele nem deu bola pra gente. Chegando em casa, já começou a demonstrar o estresse de ficar tanto tempo na caixinha de transporte, então separamos um quarto só para deixá-lo a vontade, com a comida que ele já comia, caixinha de areia e fechamos a porta. Ele ficou lá por algum tempo, escondido, mas eu não me contive e fiquei abrindo a porta toda hora pra ver como ele estava, até que decidi abrir pra ele se acostumar com a casa nova.

Caramelo Caramelo

Achei que ele não fosse acostumar, que iria me morder (me avisaram várias vezes que ele é uma “pessoa de mordidas”, e ele é grande), que iria destruir nosso sofá laranja, que ele fosse deixar a casa fedida… Ok, ele quase me mordeu uma vez, ainda não sei lidar com essas demonstrações de afeto, mas de resto, só love!

E agora entendo como os gatos ainda vão dominar o mundo, tudo o que ele faz é lindo, ele é super dengoso, não tinha o costume de subir no colo, e hoje, toda vez que eu chego do trabalho, tenho que me sentar no sofá pro bonitão subir no meu colo e ganhar cafuné, é mole? Não me arrependo nadinha da adoção, era pra ser mesmo e hoje depois de um mês, posso dizer que eu amo esse Garfield paraguaio!

Caramelo

Agora que vocês já conhecem o Memel, vou aproveitar e também vou responder a TAG: Vida de Gateira da Rê (Mulher Vitrola), sugerida pela Manu (Desejos de Beleza). Se você tem gatos, sinta-se a vontade pra respondê-la também e coloca o link aqui nos comentários pra gente trocar figurinhas, porque eu ainda estou aprendendo a ser gateira :D

TAG: VIDA DE GATEIRA

1) Quantos gatinhos você tem?
2) Qual nome dele (a)? Quais apelidos?
3) Qual a idade do seu gatinho?
4) Como ele (a) chegou até você?
5) Vocês tem fotos dele(a) bebê/antigas?
6) Como é a personalidade do seu gatinho(a)?
7) Ele (a) gosta de brinquedinhos? Se sim, quais?
8) Qual tipo de carinho que ele (a) mais gosta?
9) O que ele mais gosta de comer? Qual marca de ração/molhinho você costuma dar?
10) Como é a caixinha de areia do seu gatinho (a)? Você usa areia, sílica, receita alternativa?
11) Que recado você daria para as pessoas que não tem gatinhos, ou tem preconceito com gatos?

1, 2, 3 e 4) Se você já leu o post até aqui, então já sabe :D

5) Não tenho nenhuma foto dele, porque eu já adotei ele adulto, mas ele deve ter sido um neném lindo (ele ainda é um neném lindo, né?).

6) Preguiçoso, ele costuma dormir o dia todo, porque trabalhamos fora então ele tem esse costume. Dengoso, mas só na hora que ele quer. Adora uma brincadeira e é bem companheiro, ele sempre fica próximo de onde a gente está, acho que isso deve ser influência da convivência com um cachorro, a veterinária dele diz que ele é um gato que se acha um cachorro! haha

Caramelo

7) Sim! E essa foi a parte que achei que seria mais difícil, nem foi, ele logo se encantou com um bastão que eu comprei com frufru na ponta, ele fica doidooo! Até comprei um outro que tem um ratinho de pelúcia, que ele adora morder, daí eu comprei sisal e enrolei em uma perna da nossa mesa, e coloquei os dois bastões em pé, pra quando ele bater, o frufru/rato ficar se mexendo e ficar mais emocionante. Ele também adora caixas!

8) No pescoço, ele quase dorme de tanto que gosta! E ele também ama a escovinha dele, se deixar, ele também tenta se escovar sozinho. E não gosta se mexe na barriguinha, daí ele te pega pra morder!

Caramelo Caramelo

9) Sobre a alimentação dele, eu mantive a mesma ração da dona anterior, a PremieR Gatos, que custa cerca de R$20 (500g), eu só dou ração seca pra ele, e ele tem comido uma versão mais light, pra perder uns kilos porque está bem gordinho.

10) A caixinha de areia dele é bem grandinha, até estranhei porque nos petshops, eu só vejo caixinhas pequenas, mas é pra não deixar o gato fazer tanta bagunça, porque eles fazem, viu? Eu uso um granulado chamado KATBOM, ele foi recomendado por algumas colegas de trabalho, ela é um pouco cara (cerca de R$18/3kg), mas eu gostei bastante, quando os granulados ficam úmidos, eles ficam bem sólidos pra facilitar o descarte. Ela dá uma boa segurada no odor e até recomendam o descarte no vaso sanitário, mas eu prefiro jogar em um saco separado mesmo.

11) Os gatos são bichos incríveis, posso dizer que agora consigo entender mais porque tanta gente gosta deles, eles tem seu próprio tempo e rotina, não é SÓ um bichinho de estimação, eles tem personalidade e você tem que respeitar isso para que o convívio seja saudável. Não desmerecendo os cachorros, mas é muito diferente, eu ainda estou me acostumando porque com a minha Alpaquinha sempre tem amor, e ela o aceita de qualquer forma, com o Memel é diferente, não é na hora que eu estou disponível, é quando ele está, e esses detalhes acho que tornam os gatos ainda mais interessantes!

Agora vocês já conhecem mais o Caramelo e também sobre minha aventura sendo dona de gato, ainda tenho muito pra aprender e aceito dicas sempre! E podem se acostumando que vai ter ainda muita foto dele por aqui :)


12





12 de setembro de 2015

… eu retirei a minha vesícula!

E assim terminou o começo de um mês caótico na minha vida e este era o motivo da minha ausência de tudo. Eu descobri que havia sido contemplada com uma vesícula premiada no final de julho, quando tive uma dor muito forte no abdômen e fui parar no hospital. Na época, acabei tratando de outro probleminha que eu tinha (a pessoa já é bixada por natureza, vejam!), mas fui alertada pelo médico através de uma tomografia que ali na vesícula tinha coisa errada, e que era bom investigar do que se tratava.

Mas pra que serve uma vesícula, jovem?

A função principal desta pequena travessa é armazenar a bile, que é um líquido produzido pelo fígado que vai ajudar a digerir as gorduras que vão para o intestino.

vesicula

Como essa treta acontece?

Existem diversos fatores que causam isso e nenhum deles alivia o meu lado. Pra começar, ele é muito mais comum nas mulheres, por conta ação do estrôgenio sobre a bile, então é bom ficar atenta com a dosagem de pílulas/reposição hormonal e durante a própria gravidez. O histórico familiar também conta muito, além de outros fatores como sedentarismo, obesidade, diabetes e maus hábitos alimentares.

Como saber se eu também fui contemplado?

Não sou médica, ok? Falando por mim, meus sintomas mais frequentes foram muitas dores abdominais, principalmente depois de alguma refeição mais pesada/gordurosa. Se você tem fortes dores lombares ou no dor no estômago, e se elas irradiam por todo o abdômen, marque uma consulta e peça um ultrassom! O ultrassom é o melhor exame pra detectar a presença de pedras na vesícula (também chamado de cálculos biliares).

Então foi exatamente o que eu fiz, me consultei com um médico que me alertou de todas as tretas que envolvem ter uma vesícula doente, e caso o ultrassom confirmasse a colescistite, a única alternativa pra resolver é a retirada dela.

Por que é preciso retirar a vesícula?

Como falei, a vesícula quando começa a produzir os cálculos, é porque ela está zuada, então tem que tirar, não adianta achar que tomar remédio vai eliminar as pedrinhas porque não vai. A urgência da cirurgia vai depender do tamanho delas e do estado da sua vesícula, porque agora ela é uma bomba relógio.

Não existe uma situação menos complicada nisso tudo, se o caso for de pedras pequenas, quase areia, o risco delas saírem da vesícula e entupirem o ducto biliar (ligado ao pâncreas), gerando inflamação na região, é muito grande, podendo causar uma pancreatite aguda e quando isso acontece, se tem 48 horas pra tentar reverter o quadro, senão é morte, sério.

Se o caso for de pedras grandes, elas não vão entupir o ducto, então não tem o risco de danificar o pâncreas, mas a própria vesícula fica comprometida pela movimentação das pedras na tentativa de expulsá-las, causando mais inflamação nela mesma. Meu caso ainda foi um pouco mais tenso, porque além de pedras grandes, alguns fragmentos conseguiram sair da vesícula e entraram na corrente sanguínea, infeccionando o meu sangue, não sei explicar direito, mas por conta disso, eu precisei fazer uma cirurgia de emergência.

Laparoquê?

A cirurgia em si é super tranquila, feita por laparoscopia, onde são feito 4 ou 5 cortes (bem pequenos) na barriga para retirada da vesícula e das pedras, apenas um dia de internação no hospital e mais duas semanas de repouso, repouso mesmo! Nada de querer inventar um armário cápsula ou fazer aquele faxinão neste momento, pega uma coberta e retoma todas séries que você deixou pra trás.

Eu senti muitas dores nos primeiros dias, você não consegue se mexer muito e muito inchaço na barriga, porque eles inflaram ela com gás. Agora preciso manter uma dieta mais leve durante este primeiro mês, então nada de ir pro rodízio só porque não vai sentir mais dores, ok? :(

Está tudo bem agora!

Ainda estou de recuperação, mas este problema só veio pra reforçar o famoso hábito de comer bem que esquecemos, nunca fui de exagerar com comida e nem com gorduras, mas é uma bola de neve, uma hora ela cresce e cai em cima da gente.

Nesse meio tempo, eu já fui me adaptando pra não consumir mais algumas coisas, como refrigerantes e tranqueirinhas, até virei frequentadora de alguns restaurantes vegetarianos e árabes aqui em São Paulo, onde tenho a sensação da comida ser mais saudável/temperada e a minha meta é continuar mantendo este bom hábito que comecei, até porque a tendência é que você perca peso neste processo, e comer bem vai administrar essa perda.

Eu espero que meu relato tenha sido útil de alguma forma, muitas pessoas desconhecem o perigo de se ter pedras na vesícula e eu não sabia de nada disso até minha miga de infância passar por isso, e logo depois acontecer comigo. Nisso tudo, você acaba descobrindo muita gente, amigos e conhecidos, que também já retiraram a vesícula e vivem normalmente, como a Manu, do Ambiente Vistoriado. Então no fim das contas, fica tudo bem sem ela :)

“Mas e aqueles cupcakes monstros de nutella que você vivia postando no Instagram?” É só ter paciência, que a hora deles ainda vai chegar!


23





31 de agosto de 2015

Depois do fiasco que foi eu tentando acompanhar o #BEDA e acabar deixando a colméia parada novamente, e desta vez é por um motivo mais sério (estou com problemas de saúde :(), MAS não pude deixar de prestigiar mais um ano (veja aqui minhas indicações do ano passado) esta data tão especial na blogosfera, que serve pra lacrar agosto, que durou 78 semanas, oficialmente: o Blog Day :D

E é neste dia que você compartilha com geral todos aqueles blogs que você não desgruda do feed, e eu separei em 2015 poucos blogs, mas são os que eu chamo de “delicinha de ler”, leves, realistas, poéticos, inspiradores e tudo de bom, segue minha lista amorzinho pra vocês:

Na Nossa Vida
O blog Na Nossa Vida é escrito pela Isadora Ribeiro, eu conheci ela através de amigos em comum no Instagram, pelo @melhordiadanossavida, que mostra o cotidiano da Lucy, e agora do Ringo, dois vira latas adotados por ela. Posso resumir este blog como aquele que eu tenho vontade de abraçar :)

The Wonder Forest
O blog The Wonder Forest é gringo, escrito pela canadense Dana Fox. Eu descobri ele através do Pinterest, na busca por conteúdos pra blog, e o WF é re-che-a-do de dicas pra blogueiros, sério! Se bater aquela bad vibe de blogs, corra pra floresta!

Ale Garattoni
O blog Ale Garattoni, escrito pela própria, também foi um desses achados sobre dicas pra blogueiros, só que a pegada dela é mais voltada pro lado empreendedor, aquele monte de dúvidas que temos sobre reposicionamento e conteúdo de blog, o tipo de coisa que devíamos pensar antes mesmo de cogitar monetizá-lo, então fica aí mais uma dica preciosa.

BMRTT
O BMRTT é escrito pela Bá Moretti, já conhecia ela faz alguns anos, através da blogosfera mesmo, e me lembro de ela ter parado uma época com essa coisa de ~blogs~, mas agora eu descobri que ela voltou e voltou com tudo, não me canso de espiar suas peripécias, é o típico blog autêntico e querido por ser ele mesmo, dela mesma.

Por enquanto é só, espero que tenham gostado das indicações, e eu estou tentando acompanhar todos os posts compartilhados no Rotaroots, haja aba de navegador aberta :D


15





11 de agosto de 2015

Essa paixão já é antiga e não contempla somente a turma da criação, café é a preferência geral da comunicação e eu me sinto muito alienígena por não curtir uma dose de cafeína diária. E essa paixão foi concretizada com o PANTONE Café, instalado temporariamente em Mônaco, e tem todo o seu cardápio e decoração identificada pelas paletas.

Pantone Café

Pantone Café Pantone Café

O seu cardápio é típico de cafeteria mesmo, café da manhã com cafézinho, croissants, focaccia e outros petiscos italianos, todos identificados com nomes de cores de acordo com seu sabor. Infelizmente ele terá uma vida curta, começou em 14 de julho e vai acabar em 9 de setembro, nem dá tempo de ficar rica pra passar lá e pegar os copinhos coloridos! Mas dá pra matar a invejinha vendo as fotos e torcendo pra que criem logo um desse fixo.

Pantone Café Pantone Café

Você pode ver mais fotos do café no próprio instagram deles @pantone.cafe :)


1













BABEE.COM.BR © Design e desenvolvimento por Bárbara Pedrosa