pessoal category image

Desde pequena eu tenho bastante contato com cachorros, meu penúltimo morou com a gente durante uns 8/9 anos, era um cocker com poodle, lindo e muito dócil, era praticamente uma criança idosa :’) Sendo cocker, ele tinha histórico de epilepsia (comentaram uma vez comigo que isso era da raça) e cuidamos dele durante todo esse processo, desde a fase filhote serelepe até sua fase terminal, já bem debilitado por conta do medicamento forte que tomava.

Ficamos um bom tempo sem animais em casa, até porque não tínhamos espaço suficiente para um animal que não fosse pequeno e as raças menores são bem mais caras. Neste meio tempo, minha mãe teve a ideia de cuidar temporariamente de cachorros dos nossos amigos/vizinhos enquanto eles viajavam, nossa casa virava um hotel canino :D

No ano retrasado eu comecei a cogitar a ideia de adoção, não conhecia muito bem sobre, mas a minha sorte é que eu tenho uma amiga maravilhosa que me ajudou muito nisso e me apareceu com a oportunidade de adotar uma cachorrinha de porte pequeno, chihuahua com poodle (sim, uma mistura foférrima!) que havia sido doada porque a dona faleceu. Não hesitei! Sabe quando você vê a foto e o coração aperta? Era ela <3333

No ano passado eu até contei um pouco sobre ela aqui e aqui, e a partir daí, comecei a ver a adoção como uma nova chance de se dar e receber amor, aliás, mais do que isso, é um gesto de carinho e responsabilidade.

E sei que assim como a minha, existem milhares de outros animais querendo um carinho, alguém pra brincar e que se preocupe com eles. Não julgo quem opte pela compra, pois assim como na adoção, é extremamente importante analisar se você terá tempo para cuidar muito bem dele, se tem o espaço adequado e se pode oferecer o conforto que ele merece, até porque quem ama, cuida e se responsabiliza, né? Então antes de se oferecer para adotar algum ou comprar, seja ele qual for, esteja consciente!

10 pilares da Guarda Responsável

01. Educação das crianças sobre a necessidade do respeito aos animais;
02. Denúncia e vigilância contra maus tratos aos animais;
03. Castração dos peludinhos pra evitar o abandono dos filhotes não planejados;
04. Vacinação para todos;
05. Visitas regulares ao veterinário;
06. Conscientização contra os abandonos, principalmente no final do ano;
07. Necessidade de auxílio aos cães e gatinhos mais idosos;
08. Alimentação digna e saudável;
09. Espaços adequados para a diversão e bem-estar;
10. Higiene constante do local onde moram e também deles mesmos.

E quem gosta e acompanha a causa animal, sabe que essas instituições dependem de doações para manter os animais, tanto de dinheiro como de ração. A Max Alimentos, empresa de ração para cães e gatos possui o programa Max em Ação, que foi criado para doar rações para ONGs e Protetores de animais do Brasil inteiro. Em cada pacote das rações Max, você encontra um vale-ração que pode ser transformado em doações para ONGs e Protetores e para doar é bem simples, você pode enviar os selos por correio dizendo pra qual ONG ou protetor você quer doar seu vale-ração ou depositar em uma urna que fica nos petshops cadastrados ou ainda entregar diretamente pra alguém de sua confiança para que eles se encarreguem de fazer o pedido da doação. Lembrando que ONGs e protetores independentes podem se cadastrar no programa gratuitamente pelo site: www.maxemacao.com.br, então se você conhece algum, repasse essa informação a ele para ajudar ainda mais animais :D

Este post faz parte de uma blogagem coletiva que a Max Alimentos propôs a Vicky que convidasse várias blogueiras contanto suas experiências sobre adoção e conscientizar as pessoas em prol do bem estar animal, legal né? No post dela tem outros posts sobre o assunto ;)


Postado em 19/10/13
6 comentários

Compartilhar no Google+






jogos category image

pokemon-x-y

Finalmente foi lançado um dos jogos mais esperados pra Nintendo 3DS: Pokémon X e Y, que vem cheio de novidades e é por isso que vi a necessidade de mostrar minhas primeiras impressões sobre ele. O último Pokémon que eu joguei foi o Heartgold e com exceção das novas gerações de pokémons, não temos uma mudança tão drástica na série/história ao longo dos anos.

Já no X/Y, a primeira mudança e a mais surpreendente está nos gráficos, e posso dizer que sim, essa é a versão mais bonita e detalhada: o jogo evoluiu de 2D para 3D. Esse foi até um ponto que eu conversei com meu namorado, eu achava digníssimo se eles trabalhassem mais nas batalhas em uma linha semelhante ao Pokémon Stadium (N64) e agora elas estão até em 3D :D

original

Outro ponto que eles investiram foi na história, que está um pouco diferente das anteriores, não tem nada mais de ir para o laboratório, pegar um Pokémon iniciante e lutar com seu rival. Você também começa numa cidade do interior chamada Kalos que é inspirada na França, só que agora você sai em sua jornada para se tornar o maior treinador Pokémon viajando com outros quatro amigos, cada um deles tem sua personalidade própria (tem uma ruivinha, hihi), e que saem recrutados pelo Doutor Sycamore para descobrir mais sobre as mega-evoluções (!).

Essas mega-evoluções evoluem seu Pokémon pra uma versão mais forte, mas ela só acontece durante a batalha, e pra isso, é preciso que ele tenha alcançado sua última evolução e esteja segurando sua pedra especial, os únicos pokémons que podem realizá-la no momento são Aggron, Ampharos, Absol, Blastoise, Blaziken, Charizard (X e Y), Garchomp, Gengar, Kangaskhan, Lucario, Mawile, Mewtwo (X e Y), Tyranitar e Venusaur. O que mais me chamou a atenção é que na versão X tem uma versão boladíssima do Charizard, que muda sua aparência e também muda seu tipo para Dragão (FINALMENTE!).

Além das mega-evoluções, tem o novo tipo Fada e ele já foi implementado em alguns pokémons existentes como o Sylveon, Clefairy, Jigglypuff, Marill e Togepi, e já vem super efetivo contra Dragão, então percebe pouca coisa não é!

A interação com seu pokémon agora é muito maior e só possível através do Pokémon-Amie, onde você pode fazer carinho e brincar com ele, além de treiná-lo para aumentar seus atributos.

E pra fechar com chave de ouro, os treinadores podem ser customizados e sim, você pode deixá-lo a sua cara mudando tom da pele, corte e cor do cabelo, barbas, chapéus e etc, eu que fiquei super receosa achando que essa customização se limitaria as três opções já divulgadas na mídia, mas puro equívoco meu, é possível sim ter uma treinadora ruivinha, não é demais?

Ah! Outra coisa legal desta versão é que para os jogadores que curtem mais a primeira geração, é possível “capturar” um dos três pokémons iniciais clássicos (Bulbassaur, Charmander e Squirtle) já no começo do jogo e não será preciso dar todo aquele rolê entre os ginásios como era antigamente <3

Se vocês quiserem saber mais sobre o jogo e dicas, eu separei estes dois links:

- Algumas dicas para você curtir Pokémon X ou Y ao máximo
- Review: Pokemon X e Y traz novidades sem perder a magia da série


Postado em 16/10/13
8 comentários

Compartilhar no Google+






pessoal category image

Eu disse que voltava e voltay! E pra não perder aquele climão nostálgico de infância, regato de fotinhas de crianças lindas nas redes sociais, eu me pego divagando pelos meus blogs favoritos, quando me dou de cara com um meme antigo já, mas perfeito pra esta época feito pela linda da Débora sobre brinquedos que ela sonhou, porém nunca foi contemplada e me vejo aqui, na mesma situação, me recordando e me corroendo daqueles que fizeram parte das listinhas de MUST HAVE do Natal que nunca foram atendidas :( mesmo eu sendo um docinho (vide foto abaixo).

Simpática, ruiva e hipster desde 90′s!

Sem frescura, choradeira e humildade, quando criança meu maior sonho era ganhar:

#5 Vai e Vem: Sim, um brinquedo simples que eu tive somente oportunidade de pegar emprestado naqueles intervalos de quando podíamos levar brinquedos pra escola, me divertido muito, tirando a hora que o coleguinha se empolgava e prendia meu dedo na bola, corno.

#4 Furby: Eu também sempre quis ter um monstrinho peludo que falasse comigo e que provavelmente iria acabar dormindo com meu irmão de noite, mesmo procedimento que eu fiz com os tamagochis que adquiri na vida, tinha medo deles me assustarem de noite dizendo que iriam morrer e levar minha alma, sei lá, né?

#3 Moto elétrica: Outro brinquedo que brinquei e fiquei com o coração partido de devolver pro dono :( Que no caso, era moto de menino, mas a sensação de ser radical era igual e eu sempre quis ser mais radical do que usar quatro rodinhas na bicicleta…

#2 Avião da Barbie: Eu tive muitas barbies, de todos os jeitos e nunca tive frescura por ser a mais cara ou mais barata, eu queria mesmo era roupas e acessórios, mesmo que custassem R$1,99 (inclusive, eram os melhores!), mas se tem algo que eu ostentava, esse era o avião da Barbie. Também pude pegar nele uma vez, visitando uma coleguinha de berço de ouro, ATÉ GELO TINHA NESTA COISA!!!!!11111111 Aquele dia foi loco, sempre me lembro da emoção de viajar naquele avião.

 

#1 Gameboy: Só peguei em um gameboy um dia na minha vida, pra jogar Pokémon, claro, mas assim, depois nunca mais. Cresci e criei um super preconceito contra consoles portáteis, acho que tudo não se passava de um recalque por não ter tido um, até porque é uma diferença enorme jogar no console e no emulador, né? Emuladores de N64 me fazem sofrer! Hoje em dia, eu superei o recalque eu pude conhecer seu sucessor mais maravilhoso, o Nintendo 3DS, e gostei, muito, amor verdadeiro (porque tem Ocarina of Time 3D) <3

E você, algum brinquedo daqui que você ainda tem e quer me dar? BRINKS! HAHAHAHAHAHA Mas você já teve aquele brinquedo que sempre quis mas não ganhou, e passou pelo mesmo drama infantil que eu? Abra seu coração <3


Postado em 14/10/13
5 comentários

Compartilhar no Google+






musica category image

Se você gosta de música, certeza que acompanhou o hype do novo álbum do Daft Punk, Random Acess Memories, e todas as especulações sobre a versão final de Get Lucky antes de vazar o álbum oficial, que tiveram diversos remixes tão excelentes quanto a música original.

daft punk

O fato é que fã é um bicho criativo demais e eis que um deles, o músico Joe Jeremiah, fez uma versão 8-bit do álbum através de mash-ups, que irá compor o seu projeto “A-bit of 8-bit” series (que conta também com versões para Nyan Cat e Adventure Time). Ficou lindimais, sérinho, vale a pena ouvir!

Let the music of your life, give life back to music ♫

Fonte: Mashable


Postado em 25/05/13
7 comentários

Compartilhar no Google+






pessoal category image

Há muito tempo venho ensaiando de marcar um encontrinho com as ruivas paulistas que conheci pela página, mas estava só esperando o momento certo pra torná-lo possível: A Renata vindo pra São Paulo. Mas por quê? Simples, ela foi uma das maiores incentivadoras da criação do Ruivices e nada mais digno que a presença não só dela, como da Paula, que também super me apoiou.

Então evento marcado, convidei algumas amigas e nos encontramos neste último fim de semana, uma coisa bem informal, como sempre foi o objetivo do Ruivices, um grupo de amigas com um interesse em comum: FICAR RUIVA!

E eu aproveitei a ocasião pra retocar meu cabelo também, ser ruiva é assim, todo mês de retoque pra ninguém descobrir nossa identidade secreta HAHAHAHAHA Mas enfim, aconteceu que dessa vez eu mudei a proporção das tintas, eu mesma que vou calculando no salão o quanto de tinta que vai, aonde e porquê, só que eu acertei super no tom, ficou maravilhoso, mas não pra retoque de raiz :( Então retornei no sábado mesmo pra puxar no comprimento e o resultado vocês conferem abaixo

Beijadas, abraçadas e agarradas pelo fogo, da esquerda pra direita: Lari, Paula, euzinha, Manu e a

Vitrola amada, fiquei muito feliz de finalmente poder te conhecer e abraçar, e concretizar a amizade que já existe há anos, mas que até então era via internet, porque moramos longe :( Espero que você volte muitas vezes ainda pra gente poder se ver com calma, bagunçar, falar besteira e sair muito por aqui! Aliás, ela fez um post contando um pouco da vinda dela pra São Paulo.

E se você é ruiva de São Paulo e não compareceu, não fique com recalque, que eu ainda planejo marcar outros encontrinhos com novidades, então fica esperta


Postado em 14/05/13
19 comentários

Compartilhar no Google+
















Babee.com.br                                      Copyright © 2010 - 2014                                      Todos os direitos reservados.