Blogosfera Cotidiano Estilo Freebies Inspiração Jogos Música TAG Tech TV e Séries
02 de novembro de 2016

OLAR NOVEMBRO! Penúltimo mês do ano passando aqui e agora que você se tocou que faltam aí umas oito semanas pra acabar o ano, hein? E pra calibrar os últimos freebies de 2016, eu vou compartilhar o DOBRO de fontes grátis pra vocês ✨

E se você gostou dos freebies deste mês, não esquece de dar aquele feedback mozônico, compartilhando e enaltecendo mais amor pela blogosfera, que ela tá precisada, tá bem? 💖

fonts17

01 | 02 | 03 | 04 | 05 | 06 | 07 | 08

Freebies Maneiros

template para wordpress.org (09)

Freebies Maneiros

template para blogger (10)


Você também pode gostar destes:


31 de outubro de 2016

Quem disse que não ia ter dica de jogo pra desgraçar a mente? Mas por incrível que pareça, estes eu já joguei, mesmo que seja 5 minutos, eu testei pra vir aqui dizer pra vocês JOGA, mas que eu avisei que era treta! E é assim que eu monto a lista de jogos “pra jogar em posição fetal” 💀 se preparando pro pior!

Bloodborne (PS4)

Produzido pela From Software e lançado no ano passado, ele veio da mesma veia criativa (o diretor Hidetaka Miyazaki) que Dark Souls (o jogo que você só morre). O jogo acontecem em Yharnam, uma cidade gótica que está em ruínas, e segundo boatos, tem uma cura escondido. E isso motivou viajantes pra buscar essa cura pra suas aflições e você é um deles, mas quando você chega lá, percebe que a cidade foi contaminada por uma doença que deixou todos os moradores viraram demonhos. Você só precisa sobreviver, bom jogo!

Eu já joguei um pouco no save game do meu namorado e gostei bastante, o jogo é bem trevoso mesmo e os inimigos são tensos, eu cheguei a enfrentar um boss porco bem daora e o legal dele é assim: morreu? então você vai ser penalizado, perdendo todo o rolê HAHAHAHA você consegue recuperar se decidir voltar no lugar onde você morreu, mas nem sempre é uma boa ideia. Vai ter sangue pra todo o lado, acostume-se e eu consegui um trailer honesto dele pra vocês conseguirem uma ótima análise do jogo:

xxx

Dark Souls 3 (PC, PS4 e XOne)

Díficil falar de Bloodborne e não falar de DS, que é o jogo mais fodido da nossa época, basicamente, ele é um jogo feito pra morrer. Pelo que eu sei, a história ainda é confusa pra quem joga, mas ele é o fechamento do ciclo de trilogia Souls. Fazendo um pequeno recapitula aqui, cada título se passa em um lugar diferente, você começa no Asilo dos Mortos e é levado para Lordran, terra dos antigos deuses, um lugar criado no início da Era do Fogo, após a destruição dos dragões imortais. Daí vamos pra Drangleic, uma terra longe pra caramba, lá no reino de Vendrick, infestada por mortos vivos.

Voltando ao DS3, conhecemos Lothric, que é onde as terras dos Lordes das Cinzas convergem, e você já vê esses caras acordando do túmulo no começo do jogo quando um sino avisa que a Primeira Chama estava se apagando. E me parece que o objetivo é acender a chama, já que os antigos lordes que tinham este dever de reacendê-la simplesmente vazaram do rolê e sobrou pra quem? Pra você e um quarto lorde, Ludeth de Courland, todo cagado e desfigurado acender a chama. Mas basicamente, você vai passar mais tempo chorando do que jogando, segundo meu irmão.

xxx

RE Revelations 2 (várias plataformas)

RE Revelations 2 veio trazer de volta aquele climão dos primeiros jogos da franquia, e tem modo co-op pra você jogar com seu migo ou mozão e deixar a experiência do jogo mais daora ou dramática. O jogo se passa entre o Resident Evil 5 e 6, ele tem 4 capítulos, divididos em duas partes, pra se jogar com duas duplas diferentes.

Tudo vai começar num coquetel entre migos da Terra Save, e neste rolê estão a protagonista Claire Redfield, e Moira Burton, novata da TS (elas são a primeira dupla). A festa é invadida e essa galera é levada pra uma ilha tensa, e Claire e Moira tentam sair de lá vivas, tentando descobrir como foram parar lá e quem está por trás dessas tretas. Seis meses depois, Barry vai pra ilha pra encontrar Moira, que é sua filha, e chegando lá, ele encontra Natalia, uma garotinha estranha (porém nossa miga). Eis uma nova dupla!

No jogo, Barry e Claire possuem armas pra se defender, mas Moira e Natalia não, elas estão lá pra auxiliar, seja abrindo baús, iluminando passagens ou atacando de formas menos ofensivas (com tijolos ou pé de cabra). Enquanto Moira tem a lanterna, Natalia tem o poder de “sentir” a presença dos inimigos próximos ou invisíveis. Estou jogando ele e estou adorando, fica dica :)

xxx

Outlast (PC, PS4, XONE)

Mais um jogo pra tomar susto, mas diferente dos outros, você não pode atacar, só se esconder :)))) Nele, estamos na pele de Miles Upshur, um jornalista autônomo que um dia recebeu um e-mail de uma fonte anônima conhecida como “The Whistleblower” (do português, o denunciante), sobre um hospital psiquiátrico que é operado pela corporação Murkoff. E aí ele fez o quê? Ele foi lá investigar!

Chegando lá, o hospital tá abandonado, não tem ninguém, MAS tem uns carros da SWAT na entrada. Após invadir o lugar, ele encontra vários corpos espalhados pelos corredores, tem coisa errada, vamos embora? NÃO, VAMOS REGISTRAR! E pra isso, ele levou uma Go Pro, que precisa de muita bateria :D Joguei e não consegui jogar, gravei um gameplay do Outlast 2 e também não publiquei porque achei que não tomei tanto susto (?), mas o jogo oficial é para fortes, se você é bom de esconde-esconde, taí um jogo pra explorar!

xxx

Fatal Frame 2 – Crimson Butterfly (PS2 e 3, XBOX e Wii)

Eu poderia colocar qualquer Fatal Frame aqui, porque quando se fala de japonês fazendo terror, tudo é tenso demais pra decidir qual é pior, então decidi colocar um que eu já joguei. Apesar de ser o segundo jogo da franquia, a história é diferente do primeiro, aqui é sobre duas irmãs gêmeas, Mio e Mayu.

As duas estão de boas passeando em uma floresta tranquila, que inclusive costumam passear desde crianças (alerta de cuidado), quando Mio se lembra de um dia que sua irmã não teve cuidado com a burra e se acidentou, deixando ela manca. Enquanto uma ficava se lembrando do acidente, a outra irmã, Mayu, começa a seguir uma borboleta vermelha (???), e então Mio percebe e segue a irmã com medo de que algo dê ruim novamente e a borboleta leva elas para uma vila abandonada, daoras :)))))

Aí a noite cai, o frio desce e elas não sabem como voltar pra casa. E Mayu continua seguindo a borboleta. E Mio continua seguindo a irmã, descobrindo um lugar cheio de ritual macabro e histórias tensas, tentando sobreviver aos sustos e o único jeito de se proteger é usando a Câmera Obscura, que é uma câmera fotográfica que exorciza os espíritos da vila. E VOCÊ VAI ENCONTRAR MUITOS, VIU? Eu joguei no máximo 10 minutos, não consegui exorcizar um fantasma, tive uma taquicardia de susto e desliguei o videogame. Mas pra quem curte, boa sorte!

xxx

Silent Hill 2 (PC, PS2 E XBOX)

Novamente, eu poderia colocar qualquer SH, mas decidi pelo que eu acho mais tenso e não, nunca joguei ele, mas já vi meu irmão jogando e isso é o máximo que eu consigo aqui. A história traz James Sunderland à Silent Hill, através de uma cara de seus esposa, Mary. Eles costumavam passar as férias lá, mas essa cidade não é a mesma que ele conheceu, ela está coberta de névoa e novos habitantes, mais medonhos. Na carta, ela descreve alguns “lugares especiais” e ele tenta chegar nesses lugares pra ver se encontra pistas da mulher. No meio do caminho, ele acaba conhecendo Laura, uma garotinha que parece imune aos efeitos da cidade e não vê os monstros como James vê (!).

Qualquer jogo da franquia é bem interessante porque é muito mais do que horror/survival, sabe? Ele mexe com o psicológico, você conhece os medos e a história dos personagens, é um jogo que joga verdades de um jeito bem macabro, cada monstro e cada local tem um porquê de estar daquele jeito, desfigurado, mostrando que os piores monstros podem ser nós mesmos.

xxx

MENÇÃO HONROSA: PT (PS4)

A demo (do demo) jogável mais sinistra que o mundo gameiro já viu. Era pra ser uma introdução de desgraçamento do Silent Hills, um novo título da franquia da Konami, produzida pelo gênio Hideo Kojima em parceria com Guillermo Del Toro, e com a ilustre presença de Norman Reedus. Neste preview, a gente vê a história de um assassinato que é revelado por uma reportagem no rádio. O protagonista está preso num looping de corredores, que é assombrado por uma fantasma chamada Lisa, e conforme você vai passando pelo cenário várias vezes, mais bolada fica a história porque você vai descobrindo mais coisas juntando as pistas, como quem a matou.

Não achei um trailer porque é só uma demo, então peguei um gameplay pra vocês verem como é tenso. Também joguei, tomei susto e não joguei inteiro, pois né? O jogo não vai rolar, porque a Konami tretou com Hideo, mas sabemos que ele continuou a parceria com o Norman e vem aí um outro jogo mais daora que esse!

E aí, vocês gostam de jogos de terror? Se tem algum que te fez tremer na base e eu não listei aqui, conta pra mim porque eu não vou jogar! Ou vou? Nunca se sabe, né? afhaoisuhf Enfim, espero que tenham gostado dessas dicas e hoje a gente encerra os posts de halloween, então feliz sustos 🎃 BLZ FMZ VLW FLW!


Você também pode gostar destes:


26 de outubro de 2016

É difícil não falar sobre goticismos quando se fala de Halloween, né? E de todo o estilo trevoso que invadiu nossas vidas neste ano, então não deixaria passar essa oportunidade de compartilhar com vocês “as lojas brasileiras mais trevosas pra se amar” ✨ Então segue minhas lojas preferidas:

🌙 HauteXtreme / www.hautextreme.com.br 🌙

lojas trevosas

É mais difícil ainda falar de lojas trevosas pra se amar e não começar pela Hautextreme, que eu vi nascer! A Lari Maza, dona da Haute, designer de moda e miga (rolou quase um gif biográfico aqui), fundou a loja em 2013 e conseguiu traduzir um estilo mais dark, rebelde e independente em produtos modernos com uma pegada streetwear.

Vendemos liberdade, ousadia e transgressão na forma de roupas, vestindo o espírito sexy e subversivo do rock’n’roll em indivíduos únicos que preferem lançar do que seguir tendências.

Sua última coleção-cápsula Egypt foi inspirada no Antigo Egito, em homenagem ao simbolismo absorvido na cultura gótica. Os produtos da Haute são fabricados no Brasil, e possui uma gama maravilhosa deles, com vestidos, shorts, saias, blusas e calças, além da variedade de acessórios escolhidos cuidadosamente pra compor as coleções da marca.

lojas trevosas

Brinco Cleopatra // Cropped Top Sacred Cat // Vestido T-Shirt Seth

Criamos um estilo de vida que dita suas próprias regras e inspira rebeldia.

lojas trevosas

Vestido Nocturna // Choker Moon // Body Divine

Você já pode dispensar aquela desculpinha que só tem roupas maneiras em sites gringos, pois a Haute é uma prova que a gente tem marcas maravilhosas aqui, contemplando do PP ao GG! Aproveita a semana de Halloween que tá tendo SALE e eu já aproveitei comprei um vestido muito lindo ;)

💀 Reversa / www.lojareversa.com.br 💀

A Reversa é outra marca que eu gosto bastante! Ela foi fundada em 2012 e com a proposta de trazer tendências globais pro Brasil, e em 2015 começou a produzir produtos mais autorais, além das roupas, ela também vende bolsas, tintas coloridas pro cabelo (Kamaleão Color e Candy Color) e sapatos, que é a última novidade da loja e eu estou com a mão coçando!

lojas trevosas

Saia Longa Tulipa // Moletinho Cropped Stick and Poke // Bolsa Saco de Couro com Franjas

Buscamos trazer a atitude e a transgressão em peças exclusivas

lojas trevosas

Sandália Tratorada Tiras Prata // Oxford Verniz Preto // Moletom Masculino Esqueleto // Chapéu Floppy Bordô

lojas trevosas

Espero que tenham gostado das indicações, já fiz compras nas duas lojas e elas são muito cuidadosas e pontuais, super recomendadas! Até os próximos posts, BLZ FMZ VLW FLW!


Você também pode gostar destes:



© 2010 - 2016 Babee. Todos os direitos reservados. Para o topo ▵